Jag Panzer

banda musical

Jag Panzer é uma banda estadunidense de heavy metal e power metal formada no inicío dos anos 80.

Jag Panzer
Informação geral
Origem Colorado
País Estados Unidos Flag of the United States.svg
Gênero(s) heavy metal, power metal
Período em atividade 1983 - actualmente
Gravadora(s) Century Media
Integrantes Harry Conklin
Mark Briody
Chris Lasegue
John Tetley
Rikard Stjernquist
Ex-integrantes Chris Broderick
Joey Tafolla
Rick Hilyard
Reynold 'Butch' Carlson
Bob Parduba
Daniel Conca
Chris Kostka
Página oficial [1]

BiografiaEditar

No início dos anos 80 Harry Conklin, John Tetley, Mark Briody e Rick Hilyard, que estudavam na mesma escola, decidiram formar uma banda. Inicialmente a banda chamava-se Tyrant e foi-se tornando conhecida por tocar originais e alguns covers de Judas Priest, Iron Maiden, Black Sabbath e Rainbow.

Em Maio de 1981 a banda gravou a primeira demo Tower of Darkness, que continha 4 faixas. Cinco meses depois voltaram ao estúdio para gravar mais 8 faixas. Esta demo chamou a atenção de Andrew Banks, que se disponibilizou a levar algum material dos Jag Panzer para Los Angeles, onde existiam várias gravadoras independentes.

Azra Records e Metal Blade Records ficaram bastante impressionadas com a banda. A má noticia era que já existia uma banda Tyrant na Califórnia, por isso eles teriam de mudar o nome. Jag Panzer foi inspirado num livro chamado Jagdpanzer. Como era dificíl de pronunciar, a banda retirou o d. Pouco depois a banda assinou com a Azra Records.

Em 1982 a banda começou a gravar nos Startsong Studios. No ano seguinte a banda mudou-se para Los Angeles, mas com pouco equipamento, com um som pouco comercial e sem nenhum material gravado, a banda não deu um único concerto. Joey Tafolla foi contratato pela banda como segundo guitarrista.[1]

Em 1983 é lançado o EP Tyrants. Pouco depois a banda mudou-se para Colorado e começa a trabalhar no primeiro álbum. Ample Destruction foi apresentado em 1984. O baterista Rick Hilyard deixa a banda nos finais de 84 e é substituído por Reynold 'Butch' Carlson.

O vocalista Harry Conklin deixa a banda para se juntar a Riot. Tafolla e Carlson desistem do projecto e começam a trabalhar no álbum a solo de Tafolla. Briody e Tetley começam a procurar novos membros. Christian Lesegue torna-se no novo guitarrista e Rikard Stjernquist ocupa a bateria. Bob Parduba foi escolhido para vocalista.

Depois de abrirem os concertos de Helloween e Megadeth, a banda esteve para assinar um acordo com uma pequena editora, mas desistiu. Bob Parduba e Christian Lesague deixaram a banda pouco depois.

Sem vocalista e guitarrista, a banda decide focar-se em escrever novo material. No início dos anos 90 o vocalista Daniel Conca e o guitarrista Chris Kostka juntaram-se á banda.

Em 1994 a banda lançou o single Jeffrey e o álbum Dissident Alliance. A banda foi convidada por Overkill para uma tour europeia, mas Daniel Conca e Chris Kostka abandonaram a banda.

Em 1997 a banda assinou contrato com a Century Media Records, que lhes oferecia excelentes condições e a oportunidade de trabalhar com o produtor Jim Morris. Nesse mesmo ano apresentaram o álbum The Fourth Judgement.[2]

A banda estava a planear uma tour pela Europa, mas ainda não tinha encontrado um guitarrista. Chris Broderick foi o escolhido.

Em 1999 Jag Panzer participou no Wacken Open Festival, apoiado pela banda Iced Earth.

MembrosEditar

ActuaisEditar

AntigosEditar

DiscografiaEditar

  • 1983 - Tyrants EP
  • 1984 - Ample Destruction
  • 1994 - Dissident Alliance
  • 1997 - The Fourth Judgement
  • 1998 - The Age Of Mastery
  • 2000 - Thane To The Throne
  • 2001 - Mechanized Warfare
  • 2004 - Chain Of Command
  • 2004 - Casting The Stones
  • 2011 - The Scourge of the Light
  • 2017 - The Deviant Chord

Referências

  1. All Music. «Jag Panzer - Biography by Steve Huey». Consultado em 19 de setembro de 2020 
  2. metalriot.com. «Jag Panzer». Consultado em 19 de setembro de 2020 

Ligações ExternasEditar