Abrir menu principal

Jaime Hamilton, 1º Conde de Arran

Jaime Hamilton
Conde de Arran e Lorde Hamilton
Esposas: Elizabeth Home
Janet Beaton de Creich
Descendência Helen Hamilton
Jaime Hamilton, 2.° Conde de Arran
Janet Hamilton
Elizabeth Hamilton (ilegítima)
Margaret Hamilton (ilegítima)
Jaime Hamilton de Finnart (ilegítimo)
Casa Hamilton
Nascimento c. 1475
Morte 1529 (54 anos)
  Kinneil House, West Lothian
Enterro Hamilton, South Lanarkshire
Ocupação político
Pai Jaime Hamilton, 1.° Lorde Hamilton
Mãe Mary Stewart, Condessa de Arran
Brasão

Jaime Hamilton, 1.° Conde de Arran e 2.° Lorde Hamilton (em inglês: James Hamilton, c. 1475 – 1529) foi um nobre escocês e primo em primeiro grau de Jaime IV da Escócia.

Índice

BiografiaEditar

Hamilton foi o filho único de Jaime Hamilton, 1.° Lorde Hamilton, e de sua esposa, Mary Stewart, Condessa de Arran. Mary era filha do rei Jaime II da Escócia e de sua rainha consorte Maria de Gueldres, e irmã do rei Jaime III da Escócia.

Hamilton herdou o título nobiliárquico de Lorde Hamilton de seu pai, bem como suas terras quando este morreu em 1479.[1] Em 1489 seu primo, o rei Jaime IV, fez dele xerife de Lanark, uma posição que tinha sido anteriormente ocupada por seu pai,[1] e um conselheiro privado da Escócia.[2] Em 28 de abril de 1490, Hamilton se casou com Elizabeth Home, filha de Alexander Home, 2.° Lorde Home.[1]

Entre abril e agosto de 1502, ele comandou a frota naval enviada para ajudar o rei João I da Dinamarca, tio de Jaime IV, a fim de acabar com uma rebelião sueca.[1] Hamilton negociou o casamento de Jaime com Margarida Tudor e esteve presente no casamento em 8 de agosto de 1503. No mesmo dia, Lorde Hamilton recebeu o título de Conde de Arran, com a concessão formal, três dias depois, "por sua proximidade de sangue" e os seus serviços no momento do casamento.[1] Foi nomeado tenente-geral da Escócia e em maio de 1504 comandou uma expedição naval para reprimir uma revolta nas Ilhas Ocidentais.[1]

Em setembro de 1507, Jaime IV enviou Hamilton como seu embaixador em uma missão diplomática junto a corte de Luís XII da França. Ao retornar no início de 1508, foi detido por um curto período de tempo no Reino da Inglaterra por Henrique VII, sob a suspeita de uma possível renovação da Auld Alliance entre a Escócia e a França.[1]

Quando Henrique VIII da Inglaterra ingressou na Guerra da Liga de Cambrai em 1513 com a intenção de invadir a França, a Escócia ficou sob pressão para apoiar a França contra a Inglaterra. Hamilton recebeu o comando da frota naval escocesa. Inicialmente, partiu para Ulster e atacou Carrickfergus, o principal reduto inglês na região. A frota em seguida, partiu para a França, chegando lá em setembro de 1513, tarde demais para ser de muita ajuda uma vez que o exército escocês havia sido derrotado na Batalha de Flodden na Inglaterra, em 9 de setembro,[1] com Jaime IV sendo morto na batalha.

Durante a menoridade do rei Jaime V, o conde de Arran se opôs a Arquibaldo Douglas, 6° Conde de Angus e ao partido inglês. Conspirou contra o regente John Stuart, Duque de Albany. Foi presidente do conselho de regência durante a ausência de Albany na França, de 1517 a 1520.

Foi derrotado em uma tentativa de subjugar Angus nas ruas de Edimburgo em 1520, uma revolta conhecida como "Varrer a Calçada". Foi mais uma vez membro do conselho de regência em 1522 e Tenente do Sul. Aliou-se à rainha viúva Margarida Tudor para expulsar Albany e proclamar Jaime V, rei da Escócia em 1524.

Hamilton foi obrigado por Henrique VIII da Inglaterra a readmitir Angus para o conselho. Apoiou Angus contra John Stewart, 3.° Conde de Lennox, em 1526, na Batalha de Linlithgow Bridge, e quando Jaime escapou da custódia de Angus, refugiou-se com Margarida e Hamilton em Stirling. Imediatamente após, proscreveu Angus e todos do Clã Douglas. Hamilton recebeu o castelo de Bothwell das propriedades confiscadas de Angus.

Casamento e filhosEditar

Hamilton se casou pela primeira vez, em 28 de abril de 1490, com Elizabeth Home, filha de Alexander Home, 2.° Lorde Home.[1] O casamento foi dissolvido em 1506, quando descobriu-se que seu primeiro marido, Thomas Hay, filho de John Hay, 1.° Lorde Hay de Yester, ainda estava vivo no momento do casamento. É provável que o verdadeiro motivo para o divórcio tenha sido porque ela não lhe dava filhos e Hamilton queria um herdeiro legítimo, já tinha vários filhos ilegítimos. O seu filho mais velho ilegítimo foi Jaime Hamilton de Finnar.[1]

Em novembro de 1516, Hamilton casou com Janet Bethune de Easter Wemyss, filha de Sir David Bethune de Creich,[3] e viúva de Sir Robert Livingstone de Easter Wemyss, que havia sido morto na batalha de Flodden Field. As questões legais complicadas do seu segundo casamento continuaram a dificultar a indicação de seu herdeiro, cuja legitimidade foi questionada por seus rivais em 1543[4]

O Conde de Arran e Janet Bethune tiveram quatro filhos antes de Janet morrer em 1522:

Hamilton teve os seguintes filhos ilegítimos:

Os filhos de Jaime Hamilton e de sua amante Beatrix Drummond, filha de John Drummond, 1.° Lorde Drummond e de sua esposa, Lady Elizabeth Lindsay::[7]

AncestraisEditar

Notas

  1. a b c d e f g h i j Greig, Elaine Finnie (2004). «Hamilton, James, first earl of Arran (1475?–1529)». Oxford Dictionary of National Biography. Oxford University Press. doi:10.1093/ref:odnb/12079 
  2. «Earls of Arran». Encyclopædia Britannica 11th ed. 1911. Consultado em 7 de março de 2009 
  3. Alison Weir, Britain's Royal Family: A Complete Genealogy (Londres: The Bodley Head, 1999), página 234.
  4. Dickinson, Gladys, ed., Two Missions of de la Brosse, Scottish History Society (1942), 7-8, 19: Calendar State Papers Scotland, volume 1 (1898), 691-694.
  5. HMC, 11th report, parte 6, Duke of Hamilton, (1897), 5.
  6. Sanderson, Margaret HB., Cardinal of Scotland, John Donald, (1986), 166.
  7. G.E. Cokayne; with Vicary Gibbs, H.A. Doubleday, Geoffrey H. White, Duncan Warrand and Lord Howard de Walden, editors, The Complete Peerage of England, Scotland, Ireland, Great Britain and the United Kingdom, Extant, Extinct or Dormant, new ed., 13 volumes in 14 (1910-1959; reprint in 6 volumes, Gloucester, U.K.: Alan Sutton Publishing, 2000), volume I, página 222.

Referências


Jaime Hamilton, 1º Conde de Arran
Nascimento: c. 1475 Morte: 1529
Pariato da Escócia
Novo título Conde de Arran
1503–1529
Sucedido por:
Jaime Hamilton
Precedido por:
Jaime Hamilton
Lorde Hamilton
1479–1529
Comandos Militares
Precedido por
Patrick Hepburn
Lorde Grão-almirante da Escócia
Sucedido por
Arquibaldo Douglas