Jasenovac i Gradiška Stara

Jasenovac i Gradiška Stara (Jasenovac e Stara Gradiška) é uma música croata que promove a Ustaše, o governo fantoche nazista do Estado Independente da Croácia.[1] A letra celebra a perseguição de Sérvios na Herzegovina durante a Segunda Guerra Mundial.[2]

Em 2003, Matija Babić criticou a banda croata Thompson por executar a canção, assim como a Hrvatska radiotelevizija, Croatia Records e outros meios de comunicação por continuar a cobrir Thompson como um artista mainstream. Em 2007, Efraim Zuroff, ao relatar no Jerusalem Post uma performance de Thompson no Estádio Maksimir, disse que Perković ganhou notoriedade por ter interpretado a música que era abertamente fascista e criticou os concertos de Thompson como ocasião para exibição de nacionalistas extremistas.[3]

O próprio Perković negou escrever ou até mesmo tocar a música, afirmando que "ele é um músico, não um político".[4] Um organizador de uma turnê de Thompson da cidade de Nova Iorque em 2007 defendeu Perković, alegando que o músico não escreveu a música.[5]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. Gorin, Julia (23 de junho de 2007). «Nazis Rock on in Croatia». Consultado em 1 de março de 2009 
  2. Matija Babić (18 de dezembro de 2003). «Thompson - domoljub ili fašist? Konačan odgovor je...» (em Croatian). Index.hr. Consultado em 24 de abril de 2012 
  3. Zuroff, Efraim (25 de junho de 2007). «Ustasa rock n' roll». Jerusalem Post. Consultado em 24 de abril de 2012 
  4. «Backgrounder: Marko Perković and Thompson». Anti-Defamation League. Consultado em 22 de outubro de 2008. Arquivado do original em 29 de outubro de 2008 
  5. Lando, Michal (27 de outubro de 2007). «Croatian singer's alleged Nazi sympathies strike a sour note». Jerusalem Post. Consultado em 21 de outubro de 2008 [ligação inativa]