João Cabral

Explorador e padre jesuíta
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o padre e explorador. Para o ator, veja João Cabral (ator).

João Cabral foi um explorador português no quadro da sua função de missionário jesuíta, com Estêvão Cacella, foram os primeiros europeus a entrar no Butão em 1627. [1] No ano seguinte, tornou-se o primeiro europeu a visitar o vizinho Nepal e a região de Sikkim, na Índia.

João Cabral
Presbítero da Igreja Católica
Atividade eclesiástica
Ordem Companhia de Jesus
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 1615
Dados pessoais
Nascimento Celorico da Beira
1599
Morte Goa
1599 (-70 anos)
Nacionalidade português
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Cabral nasceu em Celorico da Beira, em 1599. Em 1615 ingressou na Companhia de Jesus, e em 5 de setembro de 1626 partiu para os planaltos tibetanos na esperança de encontrar o mítico Reino de Shambala e difundir a fé cristã. Depois voltou para à Índia e continuou a sua carreira missionária em Malaca, Macau e Japão. [2]

Referências

  1. Karma Phuntsho (2013). The History of Bhutan. [S.l.]: Random House India. pp. 224–227. ISBN 9788184003116 
  2. Wessels, C. (1992). Early Jesuit travellers in Central Asia: 1603-1721. [S.l.]: Asian Educational Services. ISBN 81-206-0741-4 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.