Abrir menu principal

João Coito (Guarda, 26 de janeiro de 1927Lisboa, 9 de outubro de 2007), foi um jornalista português que começou a sua carreira jornalística aos 20 anos, no jornal "Novidades". Em 1953, o egitaniense, foi para o Jornal de Notícias. Logo, em 1963, João Coito, foi nomeado Chefe de Redação. Desempenhou funções até julho de 1974.

João Coito

Em 1976, entrou para o jornal "O Dia", onde esteve até 1993. Depois deste período continuou a escrever, desta vez para o jornal "O Diabo", como cronista, onde a sua última crónica foi publicada a julho de 2007.

Foi comentador de atualidades na RTP, foi Presidente da Direção do Sindicato dos Jornalistas, foi ainda presidente da Mesa da Assembleia Geral da Casa da Imprensa.[1]

Faleceu, no Hospital Santa Maria, devido a cancro.[2]

Referências

  1. «Morreu João Coito, antigo presidente do SJ». 9 de outubro de 2007. Consultado em 14 de outubro de 2014 
  2. «Morreu João Coito». 11 de outubro de 2007. Consultado em 14 de outubro de 2014 
  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.