Jorge Rivera (lutador)

Jorge Luis Rivera (Porto Rico, 01972-02-28 28 de fevereiro de 1972) é um ex-lutador americano de artes marciais mistas que competia na divisão dos Médios. Apesar de ser conhecido pelas suas 12 lutas no UFC, ele também foi participante do The Ultimate Fighter: The Comeback.

Jorge Rivera
Jorge Rivera (fighter).jpg
Informações
Nascimento 28 de fevereiro de 1972 (50 anos)
Porto Rico Porto Rico
Nacionalidade norte-americano
Outros nomes El Conquistador
Altura 1,85 m
Peso 84 kg
Divisão Peso Médio
Envergadura 185 cm
Posição Ortodoxo
Luta por Milford, Massachusetts, EUA
Equipe Sityodtong
Graduação      Faixa Marrom em Jiu Jitsu Brasileiro
Período em
atividade
2001-2012
Cartel nas artes marciais mistas
Total 29
Vitórias 20
Por nocaute 14
Por finalização 2
Por decisão 4
Derrotas 9
Por nocaute 5
Por finalização 3
Por decisão 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
editar
Jorge Rivera
Dados pessoais
Nascimento 28 de fevereiro de 1972 (50 anos)
Porto Rico Porto Rico
Vida militar
País Estados Unidos Estados Unidos
Força Emblem of the United States Department of the Army.svg Forças Armadas dos EUA
Anos de serviço ???-1991
Unidade Tanque 19k, A/1-70 Armor, 5ª Infantaria

BackgroundEditar

Rivera nasceu em Porto Rico, e tem dois irmãos e uma irmã mais nova. Após morar em Porto Rico por um curto tempo, Rivera e sua família se mudaram para Boston, Massachusetts, e então Bellingham, Massachusetts antes de finalmente se mudaram para Milford, Massachusetts. Sendo uma das minorias étnicas nessa cidade, enquanto criança Rivera se envolveu em diversas brigas. Ainda jovem, Rivera acabou sendo preso acusado de roubo de carro. Quando ele tinha 25 anos, Rivera começou a treinar artes marciais mistas.[1][2]

Carreira MilitarEditar

Com um Tanque 19k com Armor A/1-70 em Fort Polk, Louisiana. Ele ajudou a mover a unidade de Fort Polk para Fort Hood, Texas antes de seu alistamento terminar em 1991.

Carreira no MMAEditar

A primeira luta de Rivera aconteceu em 2001, quando ele tinha 29 anos contra Branden Lee Hinkle em Chester, West Virginia. Lee Hinkle, que lutava profissionalmente havia três anos, também tinha a lenda Mark Coleman no seu córner. Rivera acertou um direto de direita no começo, que derrubou o protetor bucal de Lee Hinkle e o deixou atordoado, mas então respondeu com seu wrestling, levantando e jogando Rivera no chão. Lee Hinkle então seguiu dando alguns socos que fizeram que o árbitro Din Thomas a interromper a luta, fazendo Lee Hinkle vencedor por nocaute téncico.[3]

A primeira luta de Rivera no UFC com um vitória por decisão unânime sobre David Loiseau no UFC 44. Ele então sofreu derrotas por finalização para Lee Murray no UFC 46' e Rich Franklin no UFC 50 antes de se recuperar com uma vitória por decisão unânime sobre Dennis Hallman no UFC 55.

Rivera foi derrotado por Chris Leben por nocaute técnico antes de aparecer no The Ultimate Fighter 4 como competidor no Peso Médio. Apesar de Rivera não ter sucesso no reality, ele apareceu no The Ultimate Fighter 4 Finale, derrotando Edwin DeWees por nocaute técnico no primeiro round. Jorge então foi derrotado por Terry Martin por nocaute com um uppercut no UFC 67, com quatorze segundos de luta. Jorge quebrou seu queixo no soco do nocaute e não lutou antes do UFC 80, onde ele nocauteou o favorito Kendall Grove no primeiro round. Ele então foi a 4–3 com a vitória, com vitórias sobre Eric Schafer, Nate Quarry, Nissen Osterneck e o finalizador Rob Kimmons, com suas derrotas sendo para oponentes de alto nível como Martin Kampmann, Michael Bisping e Costa Philippou.

Rivera era esperado para enfrentar Alessio Sakara em 28 de Agosto de 2010 no UFC 118,[4] mas foi forçado a se retirar do card com uma lesão no braço[5] e foi substituído por Gerald Harris.[6]

A luta entre Rivera e Sakara era esperada para acontecer em 13 de Novembro de 2010 no UFC 122.[7] A luta foi riscada no dia da luta devido a um resfriado de Sakara.[8]

Em 27 de fevereiro de 2011 no UFC 127 Rivera perdeu para Michael Bisping por nocaute técnico no segundo round.[9][10] Semanas antes de ele ser colocado para enfrentar Bisping, Rivera fez alguns vídeos zombando e insultando Bisping e sua família.

A luta entre Rivera e Sakara foi novamente remarcada para 6 de agosto de 2011 no UFC 133.[11] Antes da luta contra Sakara, Rivera mencionou que poderia se aposentar após a luta devido a sua idade. Rivera então enfrentou Costa Philippou.[12] Ele perdeu por decisão dividida.

Rivera enfrentou Eric Schafer em 20 de janeiro de 2012 no UFC on FX: Guillard vs. Miller.[13] Após um dominante primeiro round de Schafer com suas quedas e seu controle no chão, Rivera deu a volta por cima no segundo round e venceu por nocaute técnico.

Após a luta, Rivera se aposentou do MMA.[14]

Vida PessoalEditar

Rivera tem quatro crianças, um filho e quatro filhas. Em 5 de agosto de 2008, sua filha mais velha morreu. Com 17 anos, Janessa Marie morreu inesperadamente de uma reação a uma medicação.[15][16]

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 20–9 Eric Schafer TKO (socos) UFC on FX: Guillard vs. Miller 20/01/2012 2 1:31   Nashville, Tennessee
Derrota 19–9 Costa Philippou Decisão (dividida) UFC 133 06/08/2011 3 5:00   Filadélfia, Pennsylvania
Derrota 19–8 Michael Bisping TKO (socos) UFC 127 27/02/2011 2 1:54   Sydney
Vitória 19–7 Nate Quarry TKO (socos) UFC Fight Night: Florian vs. Gomi 31/03/2010 2 0:29   Charlotte, Carolina do Norte
Vitória 18–7 Rob Kimmons TKO (socos) UFC 104 24/10/2009 3 1:53   Los Angeles, California
Vitória 17–7 Nissen Osterneck Decision (dividida) UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann 01/04/2009 3 5:00   Nashville, Tennessee
Derrota 16–7 Martin Kampmann Finalização (guilhotina) UFC 85 07/06/2008 1 2:44   Londres
Vitória 16–6 Kendall Grove KO (socos) UFC 80 19/01/2008 1 1:20   Newcastle
Derrota 15–6 Terry Martin KO (socos) UFC 67 03/02/2007 1 0:14   Las Vegas, Nevada
Vitória 15–5 Edwin Dewees TKO (socos) The Ultimate Fighter 4 Finale 11/11/2006 1 2:37   Las Vegas, Nevada
Vitória 14–5 Timothy Williams TKO (socos) WFL – Real: No Fooling Around 01/04/2006 1 3:50   Revere, Massachusetts
Derrota 13–5 Chris Leben TKO (socos) UFC Fight Night 3 16/01/2006 1 1:44   Las Vegas, Nevada
Vitória 13–4 Dennis Hallman Decisão (unânime) UFC 55 07/10/2005 3 5:00   Uncasville, Connecticut
Vitória 12–4 Marcelo Azevedo Decisão (unânime) Cage Rage 13: No Fear 10/09/2005 3 5:00   Londres
Vitória 11–4 Danny Vega Finalização Técnica (triângulo de braço) WFL: Unleashed 06/08/2005 1 0:47   Revere, Massachusetts
Derrota 10–4 Anderson Silva TKO (joelhadas e socos) Cage Rage 11: Face Off 30/04/2005 2 3:53   Londres
Vitória 10–3 Alex Reid KO (socos) Cage Rage 10: Deliverance 26/02/2005 1 0:41   Londres
Derrota 9–3 Rich Franklin Finalização (chave de braço) UFC 50 22/10/2004 3 4:28   Atlantic City, Nova Jérsei
Vitória 9–2 Mark Weir TKO (inter. médica) Cage Rage 7: Battle of Britain 10/07/2004 1 5:00   Londres
Vitória 8–2 James Gabert TKO (socos) MMA: Eruption 30/04/2004 3 4:10   Lowell, Massachusetts
Derrota 7–2 Lee Murray Finalização (triângulo c/ chave de braço) UFC 46 31/01/2004 1 1:45   Las Vegas, Nevada
Vitória 7–1 David Loiseau Decisão (unânime) UFC 44 26/09/2003 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 6–1 Solomon Hutcherson KO (socos) USMMA 3: Ring of Fury 03/05/2003 1 3:01   Boston, Massachusetts
Vitória 5–1 Andy Lagden Finalização (mata leão) CWFC 2 - Fists of Fury 30/11/2002 1 N/A   Londres
Vitória 4–1 Travis Lutter TKO (socos) USMMA 2: Ring of Fury 21/09/2002 3 3:46   Lowell, Massachusetts
Vitória 3–1 Joe Nye TKO (socos) USMMA 1: Ring of Fury 18/05/2002 1 0:52   Lowell, Massachusetts
Vitória 2–1 Brian Hawkins KO (socos) TFC FightZone: Back in the Zone 22/03/2002 1 N/A   Toledo, Ohio
Vitória 1–1 Elias Rivera TKO (socos) Mass Destruction 3 22/03/2002 1 6:50   Springfield, Massachusetts
Derrota 0–1 Branden Lee Hinkle TKO (inter. do córner) RSF 2: Attack at the Track 23/06/2001 2 1:54   Chester, Virgínia Ocidental

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  2. http://bleacherreport.com/articles/621021-ufc-127-fight-card-jorge-rivera-a-hard-knock-life
  3. mmamania.com. 6 de Julho de 2009 http://www.mmafighting.com/2010/11/07/my-first-fight-jorge-rivera/in/2561780  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. Morgan, John (4 de Maio de 2010). «Jorge Rivera vs. Alessio Sakara targeted for August's UFC 118 in Boston». MMAjunkie.com. Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 6 de maio de 2010 
  5. «Jorge Rivera pulls out of 118 with a broken arm». mmajunkie.com. 23 de Julho de 2010. Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 26 de julho de 2010 
  6. «Gerald Harris steps in for injured Jorge Rivera, faces Alessio Sakara at UFC 118». mmajunkie.com. 23 de Julho de 2010. Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 25 de julho de 2010 
  7. «Jorge Rivera and Alessio Sakara agree to meet at UFC 122 in Germany». mmajunkie.com. 23 de agosto de 2010. Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 26 de agosto de 2010 
  8. «Alessio Sakara Out of UFC 122 With Illness». Mmafighting.com. 13 de novembro de 2010 
  9. «Michael Bisping tells Jorge Rivera to go home after TKO victory at UFC 127 | UFC News». ESPN.co.uk. 27 de Fevereiro de 2011 
  10. «Michael Bisping Vs. Jorge Rivera Set To Go Down At UFC 127 In Australia». mmaweekly.com. 23 de novembro de 2010 
  11. «Jorge Rivera and Alessio Sakara Finally Meet at UFC 133 in August». mmaweekly.com. 12 de abril de 2011 
  12. «With Alessio Sakara out, Costa Philippou faces Jorge Rivera at UFC 133». MMA Junkie. 25 de julho de 2011. Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 16 de julho de 2012 
  13. «Jorge Rivera vs. Eric Schafer targeted for UFC on FX 1». mmajunkie.com. 29 de Novembro de 2011. Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 1 de dezembro de 2011 
  14. John Morgan & Dann Stupp (20 de janeiro de 2012). «UFC on FX 1 results: Rivera survives early trouble, registers TKO win in final fight». MMAjunkie.com. Consultado em 29 de julho de 2014. Arquivado do original em 22 de janeiro de 2012 
  15. Duggan, Dan (22 de março de 2009). «Jorge Rivera fighting through tragedy». BostonHerald.com 
  16. Janessa's obituary