Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jornal de Negócios
MONY
Periodicidade Diário
Formato Berliner
Preço 2,50 €
Fundação 1997
Presidente Paulo Fernandes
Pertence a Cofina
Director André Veríssimo


O Jornal de Negócios é um diário de economia e finanças português, que tem a particularidade de ter nascido na Internet, onde é líder histórico de audiências. André Veríssimo é director do Jornal de Negócios desde Novembro de 2017. A publicação pertence ao grupo editorial português Cofina.

O Jornal de Negócios foi fundado em 1997, sendo inicialmente editado debaixo do lema «para quem gosta de investir». O projecto foi fundado pelos empresários José Diogo Madeira, Tiago Cortez e Salvador da Cunha, e pelo jornalista Pedro Santos Guerreiro, em associação com a família Vaz Guedes, através da «holding» MediaFin SGPS, posteriormente vendida à Cofina.

Em 23 de Novembro de 1997, o jornal nasce na Internet, no que foi então a primeira publicação online do género em Portugal. A penetração da Internet nos lares e nos hábitos de consumo dos portugueses estava então ainda numa fase muito embrionária, tendo no entanto o sucesso do Negócios sido imediato na comunidade de investidores, empresas e leitores interessados em matérias económicas. Dois meses depois, a 8 de Janeiro de 1998, nasce a edição impressa, então como semanário, publicado todas as quintas-feiras. A edição em papel intitulava-se Jornal de Negócios, a edição online chamava-se Canal de Negócios. A redacção era a mesma, os meios eram «gémeos». Em 8 de Maio de 2003, a edição impressa do Jornal de Negócios passa a ser diária e as duas marcas, online e papel, são fundidas numa só.

O primeiro director do Jornal de Negócios foi José Diogo Madeira, de Novembro de 1997 até Março de 2000. Nessa data, a direcção foi assumida por Rui Borges que esteve no cargo até Setembro de 2001. De Setembro de 2001 a Outubro de 2002 a direcção foi novamente assumida por José Diogo Madeira. A partir desta data, o jornal passou para a direcção de Sérgio Figueiredo, até Fevereiro de 2007, data a partir da qual a direcção passou para Pedro Santos Guerreiro, jornalista do Jornal de Negócios desde o primeiro dia. Em 2013 foi Helena Garrido a assumir essa função. Raul Vaz passou a assumir a função a partir de 2016, sendo substituído em Novembro de 2017 por André Veríssimo.

O título é detido a 100% pela pelo grupo Cofina.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jornal de Negócios


  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.