José Maria de Albuquerque Belo

José Maria de Albuquerque Belo
Dados pessoais
Nascimento 18 de dezembro de 1885
Barreiros, Pernambuco
Morte 25 de agosto de 1959 (73 anos)

José Maria de Albuquerque Bello (Barreiros, 18 de dezembro de 1885 — 25 de agosto de 1959) foi um historiador, escritor e político brasileiro.[1][2]

Após concluir o curso de Direito no Rio de Janeiro, trabalhou como redator de debates na Câmara dos Deputados e dedicou-se à crítica literária. Elegeu-se deputado federal (1927/29) e Governador[1] (1930) pelo Estado do Pernambuco, não assumindo o posto por força da Revolução de 1930.

Como historiador destacou-se por sua História da República, obra de referência sobre o período republicano.

ObrasEditar

  • Estudos críticos (1917);
  • Ensaios políticos e literários; Rui Barbosa e escritos diversos (1918);
  • À margem dos livros (1922)
  • Os exilados (romance) (1927);
  • A noção filosófica e social do direito; breve ensaio de metodologia (1933)
  • Inteligência do Brasil; Síntese da evolução literária do Brasil (1935);
  • Panorama do Brasil; Ensaio de interpretação da vida brasileira (1936);
  • Imagens de ontem e de hoje (1936);
  • A questão social e a solução brasileira (1936);
  • História da República (1940);
  • Joaquim Nabuco, Rui Barbosa; duas conferências (1949);
  • Retrato de Machado de Assis (1952);
  • História da República (1954) - edição revisada acrescida de 9 caps.
  • Memórias (1958).

Referências

  1. a b Biografia no sítio do Centro de Documentação do Pensamento Brasileiro
  2. Biografia Arquivado em 12 de novembro de 2014, no Wayback Machine. no sítio do Senado Federal

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.