Kakemono-e

Um kakemono (掛け物? "suspenso"), mais comumente referido como um kakejiku (掛け軸? "rolos suspensos"), é um pintura ou caligrafia japonesa feita sobre papel de seda ou tecido em formato vertical, e presa em um apoio flexível, possibilitando ser enrolada para o armazenamento.[1]

Um kakejiku acima de um Ikebana.

Um kakemono é utilizado como parte da decoração tradicional japonesa de um quarto sendo exibido na tokonoma (a alcova de um quarto especialmente concebida para a visualização de objetos preciosos).[2] Também pode ser exibido num chashitsu (茶室 "casa de chá"), para a tradicional cerimônia do chá,[3] ou em um templo budista.[4]

Cada autor marca sua obra com sua assinatura, chamada hankô. Algumas famílias possuem kakejiku herdados dos seus ancestrais e que são repassados através das gerações, também é comum as pessoas adquirirem os Kakejiku no Japão, como recordação ou para decoração de ambientes.[1]

HistóriaEditar

Período Heian (794 - 1192)Editar

O primeiro kakemono foi trazido da China por missionários budistas que realizavam pinturas em pergaminhos de imagens religiosas ou difundiam o budismo através da caligrafia e de escritos poéticos.[1]

Muromachi (1334 - 1573)Editar

A maioria das obras de arte e os pergaminhos suspensos foram exibidos em uma sala especial dotada de uma alcova chamada tokonoma.[3]

Período Momoyama (1573 - 1600)Editar

Os daimyos, Oda Nobunaga e Toyotomi Hideyoshi realizavam a cerimônia do chá em uma tokonoma, onde eram exibidos os pergaminhos e outros objetos de arte.[1]

Período Edo (1603 - 1868)Editar

O kakejiku começou a se popularizar entre o povo e já não era apenas os soberanos que possuíam em suas casas. Nessa época começou a ocorrer competições entre os pintores.[1]

Período Meiji (1868  ~)Editar

Os pergaminhos mais sofisticados foram feitos à partir dessa data por causa do aprimoramento das técnicas dos pintores e da maior liberdade de expressão dada para o kakejiku, aumentando a variedade de desenhos e de manuscritos com provérbios. Essa arte começou a se popularizar após a Segunda Guerra Mundial, se tornando popular nas residências japonesas e para colecionadores de kakejiku. [1]

Leituras adicionaisEditar

Referências

  1. a b c d e f «Kakemono ( Kakejiku ) - Pergaminhos japoneses de parede | Curiosidades do Japão». www.japaoemfoco.com. 6 de setembro de 2011. Consultado em 29 de março de 2021 
  2. «Casa Tradicional Japonesa | Curiosidades do Japão». www.japaoemfoco.com. 5 de julho de 2017. Consultado em 29 de março de 2021 
  3. a b «Japanese Tea Ceremony Kakejiku Hanging Scrolls». japanese-tea-ceremony.net. Consultado em 29 de março de 2021 
  4. «JAANUS / kakemono 掛物». www.aisf.or.jp. Consultado em 29 de março de 2021