Kanryo Higaonna

Kanryo Higaonna (東恩納 寛量 Higashionna Kanryō?) foi um grande mestre de Okinawa-te, do estilo naha-te[1], que ajudou a sedimentar. Nasceu em Naha, Oquinaua, a 10 de Março de 1853, vido a falecer no mês de outubro de 1916). Sensei Higaonna foi professor de artes marciais de vários alunos notáveis, dentre eles, Kenwa Mabuni, o fundador do estilo shito-ryu. Ele também tinha um discípulo pessoal, Chojun Miyagi, fundador do Goju-ryu.

Kanryo Higaonna
Informações gerais
Altura 1m75
Currículo marcial
Estilo principal (Arakaki Seishō, Xie Zhongxiang, Wai Xinxian, possívelmente também Kojo Tatei, Iwah)
Grau alcançado Kensei, Fundador do Naha-te
Técnica(s) aperfeiçoada(s) Hojo undo
Outras informações
Aluno(s) notável(is) Chojun Miyagi, Kenwa Mabuni, Kyoda Juhatsu, Koki Shiroma, Higa Seiko, Shiroma Shinpan (Gusukuma)

BiografiaEditar

O mestre Higashionna ele veio de uma família de classe baixa. O rapaz tinha personalidade quieta e comportamento modesto. Media aproximadamente 1,75 de altura[2]. E se tornou interessado das modalidades de luta chinesas porque trabalhava (ou seu pai) a exportar e importar produtos, fazendo muitas viagens, o que lhe oportunizava travar contactos com diversos praticantes.

Quando Higaonna tinha entre quize e dezasseis anos, foi cassado estipêndio real da família e teve de confiar inteiramente em seus negócios de lenha. Por essa época, aproximadamente, ele empreendeu viagem até a cidade de Fuchou, na província de Fujian, no sul da China, conheceu o mestre Ryu Ryu Ko, de kempo de Shaolin, com quem treinou por algum tempo o estilo do sul chinês[2], tornando-se o aluno protegido uchi deshi[3]. Noutra vez, em 1872, treinou com Wayshinzan e Liewliuko[4], permanecendo com eles por mais de dez anos e se tornou principal aluno e, eventualmente, mestre da escola. Em China, seu tempo de estada foi de quatorze ou quinze anos.

Retornando a Oquinaua, por volta de 1883[5], mestre Higaonna sistematizou o estilo que passou a ensinar, que ainda formalmente naha-te, pero já era uma compilação das técnicas que tinha aprendido na China com as próprias de Naha e imediações. Introduziu a utilização de vários objetos nos treinos.

No ano de 1890, em Nishi Machi, onde morava, sua residência vinha servindo ainda como dojô, que foi chamado de shorei-ryu. Ele era conhecido pela alcunha de Kensei, ou "punhos sagrados", e era reconhecido pelas técnicas ligeiras de deslocamento, tai sabaki e chutes rasos. Sua fama espalhou-se e calhou de o mestre tornar-se instrutor da família real.

Em 1905, Higaonna começou a ensinar seu caratê, seus exercícios de condicionamento físico e valores morais e filosóficos, na escola pública de Naha. O mestre cria que a verdadeira finalidade das artes marciais, do artista marcial, era de servir à sociedade e jamais magoar outrem[2].

Em 1915, o grande mestre Kanryo Higaonna faleceu, com apenas 63 anos de idade. Segundo umas fontes[6], em outubro; segundo outras, dezembro[7].

Referências

  1. «Higaonna Kanryo» (em inglês). Consultado em 21.dez.2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. a b c «Goju-Ryu History» (em inglês). Consultado em 21.dez.2010. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Grandmaster Kanryo Higaonna - History» (em inglês). Consultado em 21.dez.2010. Arquivado do original em 1 de dezembro de 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «Higaonna». Consultado em 21.dez.2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «Kanryo Higaonna». Consultado em 21.dez.2010. Arquivado do original em 19 de fevereiro de 2005  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. «Goju Ryu» (em inglês). Consultado em 21.dez.2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)[ligação inativa]
  7. «Welcome to karatekuyukai» (em inglês). Acesso em 21.dez.2010. 

Bibliografia

  • CLAYTON, Bruce. Shotokan's secret: the hidden truth behind karate's fighting origins (em inglês). Black Belt.
  • STEVENS, John. Três mestres do budo (trad. Luiz Carlos Cintra). São Paulo: Cultrix, 2007.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.