Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura o deus hindu da guerra, veja Escanda (hinduísmo).
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Kartikeya
Informação geral
Origem Moscou
País Rússia
Gênero(s) Death Metal
Oriental Metal
Black Metal
Período em atividade 2004–atualmente
Gravadora(s) MUSICA Productions
Integrantes Mars
Roman "Arsafes" Iskorostenskiy
Rinat Hamitov
Evgeniy Pestov
Andrey Ischenko
Dmitriy Sorokin
Ex-integrantes Drimtrii "Icefet"
Aleksandr "Warlock"
Dmitry "Raydj"
Michael "Monti"
Ivan Kalikin
Evgeniy "Horus" Bazin
Página oficial kartikeya-temple.com

Kartikeya é uma banda musical de Moscou, na Rússia. A banda mistura o som extremo do Death/Black Metal com fortes influências de Oriental Metal, o que acabou resultando em um som diferente e original.

Em suas letras, o Kartikeya fala sobre mitologia oriental (Oriente Médio) e filosofia.

EtimologiaEditar

"Kartikeya" é o nome do deus hindu da guerra.[1][2]

BiografiaEditar

A banda foi formada em 2004, com o nome Velial e tocava Symphonic Black Metal.

Em 2005, a formação mudou e a banda mudou o nome para Kartikeya. Arsafes, guitarrista e compositor, começou a compor as músicas baseado em diferentes géneros de metal como o tema "Oriental".

Ivan, Arsafes, IceFet e Raydj gravaram seu primeiro EP, intitulado Oasis. Um mês depois, IceFet e Raydj deixaram a banda.

No verão de 2006, começaram a gravar seu primeiro álbum, The Battle Begins, na Kiv Records - studios.

No começo de 2007, Horus (bateria) saiu da banda mas, depois de resolver alguns problemas pessoais, voltou em Agosto de 2007.

IntegrantesEditar

ActuaisEditar

AntigosEditar

DiscografiaEditar

Ligações ExternasEditar

Referências

  1. SCHULBERG, L. Índia histórica. Tradução de J. A. Pinheiro de Lemos. Rio de Janeiro. Livraria José Olympio Editora. 1979. p. 182.
  2. WILKINSON, P. O livro ilustrado das religiões: o fascinante universo das crenças e doutrinas que acompanham o homem através dos tempos. Tradução de Margarida e Flávio Quintiliano. São Paulo. Publifolha. 2001. p. 37.
  Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.