Kelenken guillermoi


Como ler uma infocaixa de taxonomiaKelenken guillermoi
Ocorrência: Mioceno Médio
Kelenken.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Cariamiformes
Família: Phorusrhacidae
Subfamília: Phorusrhacinae
Gênero: Kelenken
Bertelli et al., 2007
Espécie: K. guillermoi
Nome binomial
Kelenken guillermoi
Bertelli et al., 2007

Kelenken guillermoi é uma espécie de ave fóssil da família Phorusrhacidae. É a única espécie descrita para o gênero Kelenken. Seus restos fósseis foram encontrados na Argentina e datam de 15 milhões de anos atrás, no início da época Miocena. Alcançava cerca de 3 m de altura e 250 kg, com um crânio de 71 cm de comprimento (45 cm correspondendo ao bico), essa grande ave predatória possuía a maior cabeça entre todas as aves já conhecidas. É também a maior espécie de forusracídeo, embora mais esguio que seus parentes - tal estrutura física sugere maior velocidade na hora de perseguir as presas. É possível que o Kelenken tenha abatido répteis e pequenos mamíferos com golpes violentos de seu bico maciço, ou sacudindo a cabeça após agarrá-los até quebrar os ossos da vítima.

Os primeiros indícios do animal foram encontrados em 1999, por Guillermo Aguirrezabala, próximo ao vilarejo de Comallo. Em 2007, a espécie foi oficialmente nomeada. Não há muito material fóssil conhecido dela, e muito de sua reconstrução depende de comparações com outras aves de porte semelhante. O crânio, porém, foi muito bem preservado.[1]

Referências

  1. Bertelli, S.; Chiappe, L.M.; Tambussi, C. (2007). «A new phorusrhacid (Aves: Cariamae) from the middle Miocene of Patagonia, Argentina». Journal of Vertebrate Paleontology. 27 (2): 409-419 
O Wikispecies tem informações sobre: Kelenken guillermoi
  Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.