Abrir menu principal
Khaled al-Asaad
Nascimento 1934
Palmira
Morte 18 de agosto de 2015 (81 anos)
Palmira
Nacionalidade Síria Sírio
Campo(s) Arqueologia

Khaled al-Asaad (em árabe: ‏خالد الأسعد‎; Palmira, 1934 – Palmira, 18 de agosto de 2015) foi um arqueólogo sírio, chefe de antiguidades de Palmira durante mais de quarenta anos.[1]

Em maio de 2015 Palmira caiu sob o controle do grupo militante terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIS), e Asaad estava entre os capturados durante este tempo. Foi executado em 18 de agosto de 2015.[2][3][4][5][6][7][8]

PrémiosEditar

Referências