Abrir menu principal
Kiyoshiro Imawano à direita

Kiyoshiro Imawano (忌野 清志郎, Imawano Kiyoshirō?), nascido como Kiyoshi Kurihara (栗原 清志, Kurihara Kiyoshi?, 2 de abril de 1951 – 2 de maio de 2009), foi um músico de rock japonês, letrista, compositor, produtor musical e ator de Tóquio, Japão. Ele foi apelidado de "Rei do Rock Japonês".[1][2] Ele formou e liderou a influente banda de rock RC Succession. Ele escreveu muitas músicas antinucleares após o desastre de Chernobil em 1986. Ele foi conhecido por ser pioneiro na adoção de características linguísticas da língua japonesa em suas canções.

Índice

BiografiaEditar

Kiyoshiro nasceu em Nakano, Tóquio, Japão, em 1951. Quando estava no ensino médio, ele formou uma banda chamada Clovers. Esta banda mudou de nome para [[RC Sucession] em 1968 e estreou na cena musical em 1970.[3]

Em 1982, Kiyoshiro colaborou com Ryuichi Sakamoto e estreou o single "Ikenai Rouge Magic" que se tornou um sucesso na Oricon.[3]

Após o RC Sucession parar de se apresentar e gravar em 1991, Kiyoshiro continuou como um cantor solo. Ele gravou e apresentou sob vários nomes que não o seu próprio, como Danger, Razor Sharp, HIS, 2 3's, Ruffy Tuffy, Mitsukiyo e Screaming Revue. Com os gruposTimers e Love Jets, Kiyoshiro permaneceu anônimo usando pseudônimos e personagens fictícios.

Em 1992, ele estreou o álbum Memphis que foi gravado em Memphis com os Booker T. & the M.G.'s. Na época da gravação, ele recebeu a cidadania honorária do prefeito de Memphis.[4] Após a estreia do álbum, Kiyoshiro fez um tour pelo Japão com os M.G.'s e um concerto no Nippon Budokan desse tour foi liberado no álbum ao vivo Have Mercy!.

Kiyoshiro também dublou a voz do Lord Royal Highness de Atlantis na versão japonesa de "SpongeBob's Atlantis SquarePantis" da Nickelodeon Japan Channel (No entanto, na NHK Educational TV ele é dublado pelo dublador Yoshito Yasuhara).

Em 3 de julho de 2006, Kiyoshiro divulgou em seu site oficial que ele foi diagnosticado com câncer de garganta e cancelou todos os concertos para se focar no seu tratamento.[3][5] Ele retornou em janeiro do ano seguinte anunciando que ele venceu a batalha contra o câncer, no entanto, foi revelado em julho que ele havia se espalhado, resultando em novo cancelamento de todos os shows.[3]

MorteEditar

Em 2 de maio de 2009, Kiyoshiro morreu de câncer.[6] Seu funeral aconteceu em Aoyama Sougisho em 9 de maio de 2009. Aproximadamente 42 mil fãs visitaram para dar adeus, que empatou com o recorde de visitas com o funeral de Hibari Misora.[7] A cerimônia de funeral foi intitulada de O Show de Rock n' Roll de Aoyama e a banda de Kiyoshiro tocou na frente de mil pessoas incluindo Keisuke Kuwata, Shinobu Otake e Naoto Takenaka.[8]

Estreia póstumaEditar

Em 17 de junho de 2009, o single "Oh! Radio", que é a última obra gravada de Kiyoshiro, estreou.[9] Esta música foi escrita por Kiyoshiro como uma música de campanha para a estação de rádio de Osaka FM802 e originalmente foi cantada por Shikao Suga e Shigeru Kishida do Quruli sob o nome de Radio Soul 20.[10] A versão cantada por Kiyoshiro foi inteiramente gravada por ele próprio (tocando guitarra, baixo, bateria) no estúdio "Rock n' Roll Kenkyujo" por volta do início de 2009 e seria um demo.[10] Ele foi liberado ao público pela primeira vez em seu funeral e decidiu-se que seria lançado após a insistência dos fãs.[11][12]

Concerto memorialEditar

Como Kiyoshiro era um cantor popular no Japan's Fuji Rock Festival, houve um grande concerto de tributo à sua vida e obra no Fuji Rock 2009, que aconteceu dois meses após sua morte em julho de 2009. O tributo no Fuji Rock contou com muitos artistas japoneses e internacionais famosos que falaram sobre Imawano e cantaram suas músicas ou as deles próprios em memória a Kiyoshiro. Alguns dos artistas que se apresentaram no memorial foram: Chara, UA, Booker T. Jones, Steve Cropper, Leyona, Hiroto Kōmoto, Masatoshi Mashima, Tortoise Matsumoto, Hamazaki Takashi, YO-KING, Char, Reichi Nakaido, Wilko Johnson, Norman Watt-Roy eShigeru Izumiya.

DiscografiaEditar

  • 1982 Dr. Umezu & Kiyoshiro / Danger
  • 1985 Danger II
  • 1987 Razor Sharp
  • 1987 Kiyoshiro Imawano & The Razor Sharp / Happy Heads
  • 1989 The Timers / The Timers
  • 1991 HIS / Nippon no Hito (unit with Haruomi Hosono and Fuyumi Sakamoto)
  • 1992 Memphis
  • 1992 Kiyoshiro Imawano + Booker T. & the M.G.'s / Have Mercy!
  • 1992 Kiyoshiro Imawano & 2 3's / Go Go 2 3's
  • 1993 Kiyoshiro Imawano & 2 3's / Music From Power House
  • 1994 Magic
  • 1994 Kiyoshiro Imawano & Reichi Nakaido / Glad All Over
  • 1995 The Timers / Fukkatsu!! The Timers
  • 1995 The Timers / Fujimi no Timers
  • 1997 Kiyoshiro meets de-ga-show / Hospital
  • 1997 Kiyoshiro Imawano Little Screaming Revue / Groovin' Time
  • 1998 Kiyoshiro Imawano Little Screaming Revue / Rainbow Cafe
  • 1999 Ruffy Tuffy
  • 1999 Kiyoshiro Imawano Little Screaming Revue / Fuyu no Jujika
  • 2000 Ruffy Tuffy / Natsu no Jujika
  • 2000 Ruffy Tuffy / Aki no Jujika
  • 2003 Love Jets / Chinguro
  • 2003 King
  • 2005 God
  • 2006 Yumesuke
  • 2008 Kanzen Fukkatsusai – Nippon Budokan Live Album
  • 2008 Wanted Tour 2003–2004
  • 2009 Aoyama Rock'n'Roll Show 2009.5.9 Original Soundtrack[13]
  • 2010 Baby #1[13]

FilmografiaEditar

  • 1986 Death Powder ... Dr. Loo
  • 2001 The Happiness of the Katakuris ... Richâdo Sagawa
  • 2002 Chicken Heart ... Sada
  • 2003 1980
  • 2004 Otakus in Love
  • 2005 The Great Yokai War ... General Nurarihyon
  • 2008 Then Summer Came

NotasEditar

Referências

  1. «Cancer claims rock pioneer Imawano». Asahi Shimbun. 4 de maio de 2009. Consultado em 11 de maio de 2009 [ligação inativa] 
  2. «Imawano fans bid farewell to 'Japan's King of Rock'». The Japan Times. 10 de maio de 2009. Consultado em 11 de maio de 2009 
  3. a b c d «Biography» (em japonês). Kiyoshiro Imawano official site. Consultado em 22 de junho de 2011  (Translation)
  4. Booklet of album Memphis by Kiyoshiro Imawano
  5. (em japonês) 忌野清志郎、オフィシャルサイトで癌を告白。今後のスケジュールはすべてキャンセルに (bounce) Arquivado em 5 de maio de 2008, no Wayback Machine.
  6. "ロックの神様"逝く…忌野清志郎さんが58歳で死去. Oricon (em japonês). Oricon Style. 3 de maio de 2009. Consultado em 9 de abril de 2010 
  7. «Cópia arquivada» 忌野清志郎さんロック葬 最後の別れにファンの列4キロ (em japonês). Sports Hochi. 10 de maio de 2009. Consultado em 11 de maio de 2009. Arquivado do original em 11 de maio de 2009 
  8. 清志郎さんド派手ロック葬にファン4万人 (em japonês). Asahi Shimbun (Nikkan Sports). 10 de maio de 2009. Consultado em 11 de maio de 2009 
  9. «Cópia arquivada» 遺作「Oh!RADIO」 記念盤でCD化か (em japonês). SpoNichi Annex. 5 de maio de 2009. Consultado em 11 de junho de 2009. Arquivado do original em 8 de maio de 2009  |urlmorta= e |datali= redundantes (ajuda)
  10. a b «忌野清志郎の遺作「Oh! RADIO」がシングル化決定». Natasha Inc (em japonês). Natalie. 15 de maio de 2009. Consultado em 9 de abril de 2010 
  11. «忌野清志郎、最新曲"Oh! RADIO"が6月17日にシングル・リリース決定» (em japonês). bounce.com. 15 de maio de 2009. Consultado em 11 de junho de 2009. Arquivado do original em 28 de junho de 2009 
  12. «忌野清志郎 最新シングル「Oh! RADIO」ファンからの問い合わせ&CD化を望む声が殺到!!急遽リリース決定!!» (em japonês). Universal Music. 18 de junho de 2009. Consultado em 18 de junho de 2009 
  13. a b «地味変 – RELEASE – ALBUM» (em japonês). Consultado em 9 de outubro de 2010 

Ligações externasEditar