Kuh-e Bandaka
Kuh-e Bandaka está localizado em: Afeganistão
Kuh-e Bandaka
Localização
Coordenadas 36° 10' 45" N 70° 59' E
Altitude 6812[1][2] m (22349 pés)
Proeminência 3908 m
Posição: 118
Cume-pai: Tirich Mir
Listas Ultra
Localização  Afeganistão
Cordilheira Indocuche
Primeira ascensão 1960 por uma equipa alemã
Rota mais fácil escalada por neve e gelo

Kuh-e Bandaka (ou Kohe Bandaka, Bandako, incorretamente Koh-i-Bandakor[3][4]) é um dos mais altos picos da cordilheira Indocuche no nordeste do Afeganistão. Fica a nordeste de Cabul e a oeste de Chitral. Está separado por um passo de montanha, relativamente baixo, do centro da cordilheira Indocuche, e é a mais alta montanha inteiramente situada no Afeganistão,[3] e a mais proeminente de todo o país.[1]

A primeira ascensão foi feita em 22 de setembro de 1960, por uma equipa alemã composta por Wolfgang von Hansemann, Dietrich Hasse, Siegbert Heine e Johannes Winkler, todos de Berlim Ocidental; todos atingiram o cume[3]

Referências

  1. a b Afghanistan ultra-prominent peaks on peaklist.org
  2. Algumas fontes, como o Himalayan Index, indicam 6843 m de altitude; o artigo AAJ 1961 indica 6660 m.
  3. a b c Siegbert Heine, "Berlin Hindu Kush Expedition", American Alpine Journal, 1961, p. 418.
  4. Robin Hartshorne, "Bandako", American Alpine Journal, 1966.