Abrir menu principal
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde dezembro de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
O veículo Progress e módulo Pirs usando o sistema Kurs-A de acoplamento.

Kurs (em russo: Курс ) é um sistema de radiotelemetria usado para o acoplamento de espaçonaves no programa espacial russo.

Desenvolvido e fabricado desde os anos 1980,[1] o sistema é usado como guia de navegação para as naves espaciais russas como as Soyuz e Progress.

O Kurs foi o sistema responsável por todas as acoplagens automáticas feitas por estas naves na antiga estação espacial Mir e na Estação Espacial Internacional.[2]

Quando usado para acoplamento, o sistema instalado nas naves envia um pulso de radar de múltiplas antenas. A variação de intensidade entre esta antenas, permite ao sistema calcular posição relativa, altitude e ângulo de aproximação.

Criado para encontros e acoplagens automáticas no espaço, o Kurs também permite a acoplagem manual feita pelos cosmonautas das naves ou da ISS em situações de emergência.[3]

Após a dissolução da URSS em 1991, o Kurs, fabricado em Kiev,[4] passou a ser propriedade da Ucrânia e seu fabricante um competidor no negócio de tecnologia espacial com a própria agência espacial russa - Roskosmos.

O sistema, apesar do alto custo, é reutilizável. Após as naves acoplarem com a ISS, a tripulação o remove das naves e o guarda a bordo da estação, sendo retornado à Terra nos ônibus espaciais para exame, renovação e reutilização em futuras missões espaciais.

Referências

  1. História do NII TP (em russo)
  2. Burrough, Bryan. Dragonfly: NASA and the Crisis Aboard Mir. [S.l.: s.n.] ISBN 0-06-093269-4. Since 
  3. «Soviet automated rendezvous and docking system overview». NASA Automated Rendezvous and Capture Review. 
  4. «The First Serially Produced Onboard Computer». The European Virtual Computer Museum. Arquivado do original em 15 de junho de 2008