Kwanza

moeda de Angola
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Cuanza.

O kwanza[nota 1] (símbolo: Kz; código ISO 4217: AOA) é a unidade monetária de Angola.

Kwanza
Dados
Código ISO 4217 AOA
Usado  Angola
Inflação 13,1%
The World Factbook, est. 2009
Sub-Unidade
1/100

Cêntimo
Símbolo Kz
Plural Kwanzas
Moedas 10, 20,50,100
Notas 200, 500, 1.000, 2.000, 5.000 kwanzas
Banco central Banco Nacional de Angola
www.bna.ao
Fabricante Não disponível

Desde 1977 circularam em Angola quatro moedas diferentes com o nome kwanza.

Início Fim Moeda Subdivisão Equivalência
8 de Janeiro de 1977 24 de Setembro de 1990 Kwanza (AOK) 100 lweis 1 kwanza = 1 escudo angolano
25 de Setembro de 1990 30 de Junho de 1995 Novo kwanza (AON) nenhuma 1 novo kwanza = 1 kwanza
1 de Julho de 1995 30 de Novembro de 1999 Kwanza reajustado (AOR) nenhuma 1 kwanza reajustado = 1.000 novos kwanzas
1 de Dezembro de 1999 presente Kwanza (AOA) 100 cêntimos 1 kwanza = 1.000.000 kwanzas reajustados

Primeiro Kwanza (AOK), 1977-1990Editar

O kwanza foi introduzido após a independência de Angola. Substituiu o escudo em paridade e estava subdividido em 100 lwei. O seu código ISO 4217 era AOK.

MoedasEditar

As primeiras moedas foram cunhadas sem data de emissão, apesar de todas ostentarem a data da independência do país, 11 de Novembro de 1975 e a inscrição "RP DE ANGOLA" (i.e., República Popular de Angola). Tinham denominações de 10, 20, 50 lwei, 1, 2, 5 e 10 kwanzas. Em 1978 foram cunhadas moedas de 20 kwanzas. A última data a aparecer nestas moedas foi 1979.

NotasEditar

As primeiras cédulas datavam de 1976, mas só foram emitidas em 1977 pelo Banco Nacional nas denominações de 20, 50, 100, 500 e 1.000 kwanzas. A nota de 20 kwanzas foi substituída pela moeda em 1978.

Novo Kwanza (AON), 1990-1995Editar

Em 1990, o novo kwanza foi introduzido, com o código ISO 4217 AON. Apesar da sua paridade em relação ao kwanza anterior, os angolanos só puderam trocar 5% das notas antigas por novas. O resto das notas teria que ser trocado por títulos do governo. O novo kwanza foi vítima de uma forte inflação.

NotasEditar

Apenas foram emitidas notas. As primeiras cédulas emitidas em 1990 eram apenas impressões sobrepostas em notas antigas, com a nova designação: novo kwanza. As cédulas tinham as seguintes denominações: 50 (informação não confirmada), 500, 1.000 e 5.000 novos kwanzas (os 5.000 novos kwanzas eram reimpressões dos antigos 100 kwanzas). Em 1991, a palavra "novo" foi abandonada nas emissões de notas de 100, 500, 1.000, 5.000, 10.000, 50.000, 100.000 e 500.000 kwanzas.

Kwanza Reajustado (AOR), 1995-1999Editar

Apesar da taxa de câmbio para o kwanza anterior ser de 1000 para 1, tão pequeno era o valor do kwanza antigo, a nota mais pequena emitida foi de 1000 kwanzas reajustados. A inflação continuou, tendo havido notas de 5 milhões de kwanzas reajustados. Não foram emitidas moedas.

NotasEditar

Apesar de taxa de conversão, o valor do kwanza antigo tinha-se depreciado de tal ordem que a denominação menor das notas de banco foi de 1.000 kwanzas reajustados. Foram também impressas notas de 5.000, 10.000, 50.000, 100.000, 500.000, 1.000.000 e 5.000.000 kwanzas.

Segundo Kwanza (AOA), desde 1999Editar

Em 1999, foi introduzida uma segunda unidade monetária chamada simplesmente kwanza. Mas, ao contrário do primeiro kwanza, esta nova moeda estava subdivididas em 100 cêntimos. Com o segundo kwanza foram reintroduzidas as moedas. Apesar da inflação inicial, o seu valor encontra-se agora estabilizado.

MoedasEditar

Moedas
Valor Parâmetros técnicos Descrição Data da primeira cunhagem
Diâmetro Peso Composição Rebordo Anverso Reverso
10 cêntimos 15 mm 1,5 g aço folheado a cobre serrilha REPÚBLICA DE ANGOLA, brasão de armas, ano valor 1999
50 cêntimos 18 mm 3 g
1 kwanza 21 mm 4,5 g cuproníquel serrilha REPÚBLICA DE ANGOLA, brasão de armas, ano valor 1999
2 kwanzas 22 mm 5 g
5 kwanzas 26 mm 7 g

Dado o seu baixo valor, as moedas de 10 e 50 cêntimos deixaram de circular.

NotasEditar

Notas
Imagem Valor Cor principal Descrição Data de
Anverso Reverso Anverso Reverso Marca d'água impressão emissão
[1] [2] 1 kwanza Rosa Agostinho Neto e
José Eduardo dos Santos
Mulher colhendo algodão Pensador Outubro de 1999 1 de Dezembro de 1999
[3] [4] 5 kwanzas Verde claro Estrada da Serra da Leba
[5] [6] 10 kwanzas Vermelho Antilopes
[7] [8] 50 kwanzas Lima Plataforma petrolífera
[9] [10] 100 kwanzas Amarelo torrado Banco Nacional de Angola
[11] [12] 200 kwanzas Lilás Avenida 4 de Fevereiro de Luanda Novembro de 2003 19 de Julho de 2004
[13] [14] 500 kwanzas Laranja Algodão
[15] [16] 1.000 kwanzas Rosa Plantanção de café
[17] [18] 2.000 kwanzas Lima Pesca artesanal 2006

As cédulas do kwanza são muito similares entre si, diferenciadas pelas cores e pelas imagens de locais de Angola.

Evolução das taxas de câmbio face ao dólarEditar

A tabela abaixo mostra a evolução do valor de um dólar americano em kwanzas de Angola:

Data Código e designação da moeda Taxa
1994 AON novo kwanza 34.200 - 850.000
Jan. a Jun. de 1995 AON novo kwanza 1.000.000 - 2.100.000
1 de Julho de 1995 1.000 AON -> 1 AOR (kwanza reajustado)
Jul. a Dez. de 1995 AOR kwanza reajustado 2.100 - 13.000
1996 AOR kwanza reajustado 13.000 - 210.000 - 194.000
1997 AOR kwanza reajustado 194.000 - 253.300
1998 AOR kwanza reajustado 253.300 - 594.000
1999 AOR kwanza reajustado 594.000 - 5.400.000
1 de Dezembro de 1999 1 milhão AOR -> 1 AOA (kwanza)
2000 AOA kwanza 5,4 - 16,3
2001 AOA kwanza 16,3 - 31,12
2002 AOA kwanza 31,12 - 57,47
2003 AOA kwanza 57,47 - 86,88 - 78,61
2004 AOA kwanza 78,61 - 85,90
2005 AOA kwanza 85,90 - 88,97 - 80,58
2006 AOA kwanza 80,58 - 89,01 - 80,57
2007 AOA kwanza 80,57 - 74,78 - 75,03
2008 AOA kwanza 75,03 - 75,13
2009 AOA Kwanza 75,13 - 88,75
2010 AOA Kwanza 88,75 -
2015 AOA Kwanza 120,00

Ao longo da década de 1990 a moeda de Angola foi, por diversas vezes, considerada a unidade monetária de menor valor.

Notas

  1. Em português existem também as variantes aportuguesadas cuanza e quanza.[1]

Referências

  1. Henriques, Raul Pinheiro (2013). Designação de unidades monetárias em português: Léxico e normalização linguística (PDF). Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa — Departamento de Linguística Geral e Românica. Consultado em 1 de dezembro de 2014 

Ligações externasEditar