Léon-Gontran Damas

político francês


Léon-Gontran Damas (Caiena, 28 de março de 1912 - 22 de janeiro de 1978) foi um escritor, poeta e político francês, nascido na Guiana Francesa e falecido nos Estados Unidos. Era mestiço de negro, ameríndio e branco.

Léon-Gontran Damas
Nascimento Léon-Gontran Damas
28 de março de 1912
Caiena, Guiana Francesa
Morte 22 de janeiro de 1978 (65 anos)
Nacionalidade francês
Ocupação escritor

Foi um dos fundadores da Negritude, juntamente com Aimé Césaire e Léopold Sengor nos anos 1940. Amante do jazz, publicou em 1937 o livro Pigments, reunião de poemas prefaciada por André Gide, que se revolta com violência contra a educação crioula que ele vê como uma aculturação imposta. Um de seus grandes temas é a vergonha da assimilação. Engajado na política, foi deputado da Guiana.

Em Paris, fez estudos de direito, depois, na Escola de línguas orientais, estudo russo, japonês e baolê.

Ver tambémEditar