Abrir menu principal

A língua tseltal é uma língua maia falada no estado mexicano de Chiapas por aproximadamente 370 000 pessoas.[1] No entanto alguns investigadores defendem que o território tseltal estende-se para sudeste até à Guatemala. São geralmente reconhecidos cinco dialectos: Bachajón, Ocosingo, Oxchuk, Tenejapa, Amatenango.

É uma língua aparentada com o tsotsil com o qual forma o ramo tseltalano da família das línguas maias. Juntamente com o tsotsil e o chol é uma das três línguas mais faladas em Chiapas. Porém, ao contrário do chol, o tsotsil e o tseltal em termos morfológicos são línguas línguas ergativas absolutivas.

Alfabeto e fonologiaEditar

O alfabeto tseltal é constituído por: a, b, ch, ch', e, i, j, k, k', l, m, n, o, p, p', r, s, t, t', ts, ts', u, w, x, y, ('). Em algumas ocasiões inclui-se a letra h, sobretudo no dialecto Bachajón<[2]>.

Veja-se que a língua tzeltal usa o alfabeto latino sem as letras D, F, G, Q, S (isolado), V. Apresenta as formas Tz’ (ou Ts’), Ch’, K1, P’ e o apóstrofo na sua grafia.

A glotalização é um aspecto importante do tseltal, uma vez que produz significados distintos. Veja-se o seguinte exemplo:

uts'inel : danifica, prejudicar

utsinel : acariciar, apalpar

  Bilabial Alveolar Palatal Velar Uvular Glotal
  normal implosiva normal ejectiva normal ejectiva normal ejectiva normal ejectiva normal
Oclusivas p  [p]   t   [t] t'  [t']   k  [k] k'  [k']      '   [ʔ]
Africadas   tz  [ʦ] tz'  [ʦ’] ch  [ʧʰ] ch'  [ʧ’]          
Fricativas   s  [s] x  [ʃ]   j  [x] h  [h]
Nasais   m  [m]   n  [n]        
Líquidas   l  [l]  r  [r]        
Semivogais       y  [j]   w  [w]    

Morfologia e sintaxeEditar

Como as demais línguas maias, trata-se de uma língua ergativa, isto é, estruturada a partir de prefixos e sufixos que se unem a radicais verbais ou substantivos. A forma mais simples de estruturar uma frase é verbo + complemento + sujeito. Há uma notável ausência de preposições, existindo apenas algumas poucas com amplas possibilidades semânticas: ta (para, em, com, por...) e k'alal (de, desde, até).

  • Posse

Os prefixos e sufixos utilizados para denotar posse dos substantivos no tseltal faz-se do modo abaixo. Utiliza-se como exemplo o substantivo na (casa):

Prefixos e sufixos de posse com para substantivos começados por consoante
singular plural
jna (minha casa) jnatik (nossa casa)
ana (tua casa) anaik (sua casa de vocês)
sna (sua casa) snaik (sua casa de eles)

Se o substantivo começa com vogal os prefixos e sufixos serão do tipo abaixo, vejamos como exemplo ixim (milho):

Prefixos e sufixos de posse com substantivos começados por vogal
singular plural
kixim (meu milho) kiximtik (nosso milho)
awixim (teu milho) awiximik (seu milho de vocês)
yixim (seu milho) yiximik (seu milho de eles)

NumeraisEditar

O sistema de numeração na língua tseltal é vigesimal (conta-se em múltiplos de vinte), à semelhança das demais línguas maias, e em geral, das restantes línguas mesoamericanas. Isto deve-se ao facto de estas línguas basearem o seu sistema numérico no número de dedos do ser humano, daí o número vinte poder ser designado como winik (homem ou genérico para ser humano), donde 40 será cha'winik (dois homens ou seres humanos), 60 será oxwinik (três homens ou seres humanos), etc.:

1 jun 6 wakeb 11 bulucheb 16 waklajuneb 400 jbak'
2 cheb 7 jukeb 12 lajchayeb 17 juklajuneb 8,000 jpik
3 oxeb 8 waxakeb 13 oxlajuneb 18 waxaklajuneb 160,000 jkalab
4 chaneb 9 baluneb 14 chanlajuneb 19 balunlajuneb
5 jo'eb 10 lajuneb 15 jo'lajuneb 20 jtab

Amostra de textoEditar

Spisil winiketik te ya xbejk´ajik ta k´inalil ay jrerechotik, mayuk mach´a chukul ya xbejka, ya jnatik stojol te jpisiltik ay snopibal sok sbijil joltik, ja´ me k´ux ya kaibatik ta jujun tul.

Português


Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade. (Artigo 1º - declaração universal dos Direitos Humanos)


Referências

  1. INEGI - Población hablante de lengua indígena de 5 y más años por principales lenguas, 1970 a 2005 Arquivado em 25 de agosto de 2007, no Wayback Machine.
  2. López K'ana, Josías et al. Diccionario Multilingüe / Svunal Bats'i K'opetik - México : siglo xxi editores, 2006

Ligações externasEditar