Abrir menu principal

A lagoa do Piató é uma lagoa do Rio Grande do Norte, Brasil. Situa-se no vale do Baixo Assú, na margem esquerda do rio Piranhas, Assú – RN, encontra-se localizada entre as coordenadas geográficas de 37° log W.G e 5° 30`lat.s. com aproximadamente 18 km de extensão máxima e um volume de água de 96 milhões de metros cúbicos, era considerada como uma das lagoas mais piscosas do RN. Como tal era submetida a intensa exploração pesqueira com um núcleo de vida dado grande riqueza e diversidade de organismos existentes nos seus diferentes subsistema. A variedade de subsistemas identificados nessa lagoa dependia da expansão do espelho de água por ocasião das grandes enchentes. No período chuvoso, a água expandia-se consideravelmente, invadindo as áreas de carnaúbas, possibilitando temporariamente a integração do sistema hídrico e paisagístico circundante.

A lagoa era abastecida naturalmente pelo rio Piranhas até à construção da Barragem Armando Ribeiro. Desde então está sujeita a secas regulares, as últimas das quais ocorreram em novembro de 1999 e dezembro de 2014.[1]

Referências