Abrir menu principal
Lara Teixeira
Nado Sincronizado
Nome completo Lara Teixeira
Nascimento 26 de novembro de 1987 (31 anos)
Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro(a)

Lara Teixeira (Campos dos Goytacazes, 26 de novembro de 1987) é uma atleta olímpica brasileira do nado sincronizado. Participou ao lado de Nayara Figueira dos Jogos de Pequim 2008 acabando a competição de duetos em 13º lugar.[1] Integrou a delegação nacional na disputa os Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, no México.[2] Em 2012, participou dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, também ao lado de Nayara Figueira, e repetiram a 13ª colocação.[3]

A atleta competiu em sua terceira Olimpíada nos Jogos do Rio 2016 pela categoria por equipes – na primeira vez que a equipe do Brasil estará nas Olimpíadas, ficando em 6º lugar.[3] Lara é quatro vezes finalista em Mundiais, 13ª colocada nos Jogos de Pequim e Londres, tetracampeã sul-americana e nada menos que 50 vezes campeã Brasileira.[4]

Índice

CarreiraEditar

InicioEditar

Iniciou no esporte aos 4 anos fazendo natação, ginástica olímpica e ballet, pelo Tijuca Tênis Clube. Ingressou no nado sincronizado aos 8 anos, onde após 02 meses de escolinha foi convidada a fazer parte da equipe infantil. Nessa categoria subiu ao podium ora com medalha de ouro ora com prata, nas modalidades equipe e dueto.

2007 e Seleção BrasileiraEditar

O ano de 2007 trouxe muitas conquistas para Lara. Ela participou dos Jogos Pan-americanos Rio 2007 onde conseguiu a medalha de bronze tanto em Equipe, como no Dueto. Através do Pan que Lara Teixeira ganhou do Comitê Olímpico Brasileiro, COB, seu primeiro Prêmio Brasil Olímpico.

Além do Pan e da premiação, a atleta participou de outra competição que considera um marco em sua vida: o Mundial de Melbourne, Austrália. Lá, a atleta obteve com a equipe a melhor colocação da história do nado brasileiro em mundiais. Além disso, Lara foi a única nadadora que competiu as quatro provas da modalidade, somando um total de 11 coreografias.

Pequim 2008Editar

Em 2008, com 21 anos participou das Olimpíadas de Pequim onde, com o Dueto, conseguiu a 13ª colocação em sua modalidade. Foi através dos Jogos Olímpicos de Pequim que a atleta conquistou pelo segundo ano consecutivo o Prêmio Brasil Olímpico, sendo eleita a atleta do ano na modalidade.

Em 2009, a atleta deixou o Rio de Janeiro para treinar pelo dueto com Nayara Figueira em São Paulo, com o objetivo de se classificar novamente para as Olimpíadas, dessa vez em Londres em 2012.

Porém, ainda no Rio, Lara começou a por em prática seu projeto de difusão do nado sincronizado pelo Brasil, através das escolinhas Lara Teixeira para crianças. Nesta iniciativa, a nadadora conta com a ajuda de professoras escolhidas especialmente por ela para aplicar o seu método exclusivo de ensino nas aulas. O primeiro objetivo que ela pretende alcançar com essa idéia é aumentar o número de esportistas dessa modalidade.

Fase no exteriorEditar

Em maio do mesmo ano, Lara seguiu para a América do Norte para disputar os campeonatos Americano e Canadense com a parceira de dueto Nayara Figueira. Nos EUA, conseguiu colocação de honra e no Canadá conseguiu três medalhas de ouro inéditas.

Os bons resultados na América do Norte fizeram com que o dueto reformulasse sua coreografia para o Mundial de Roma, em julho do mesmo ano. No Mundial, a dupla conseguiu a inédita décima colocação no dueto técnico e a 11ª colocação no dueto livre.[5]

Rio 2016Editar

Lara competiu nos Jogos Olímpicos de 2016, com a equipe ela ficou em 6º lugar com 171.9985 pts. [6]

Principais títulosEditar

  • 9ª colocação na rotina livre combinada, 10ª colocação no dueto e 11ª posição por equipe no Mundial Junior em 2004, em Moscou.
  • Em 2005, no Mundial Absoluto, Lara conquistou a 10ª colocação na rotina livre combinada, 11ª colocação na competição por equipes e 13ª posição no dueto. Competição realizada em Montreal - Canadá. Ainda em 2005, Lara Teixeira foi considerada a melhor atleta de nado sincronizado no Sul-Americano de Esportes Aquáticos, recebendo o prêmio Señor de Sipan.
  • No Aberto de Roma, em 2006, Lara conquistou a 5ª colocação por equipe e 9ª posição no dueto. Além disso, conquistou medalhas de ouro na rotina livre combinada, dueto e competição por equipe no Campeonato Sul-Americano, realizado em Medellín, Colômbia. Finalmente, em outubro de 2006, o dueto obteve a 7ª colocação no I World Trophy, etapa de mundial, realizada em Moscou.
  • No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos disputado em março de 2007, na Austrália conquitou o 12º lugar no dueto e na equipe conquistou a melhor posição ocupada pelo Brasil em Mundiais, o 10º lugar.
  • Durante o Aberto de Roma de 2007, Lara alcançou mais dois resultados internacionais importantes: o 5º lugar por equipes e 9ºlugar no dueto.
  • No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos disputado em Julho de 2009 na Itália, conquistou o 10° e 11° lugar no dueto técnico e livre, respectivamente. Fazendo história na modalidade, colocou o nado sincronizado brasileiro pela primeira vez entre os 10 melhores duetos do mundo.
  • A equipe brasileira atualmente é considerada a 3ª melhor das Américas, chegando bem próxima da 2ª colocada, o Canadá, no ranking do nado sincronizado. Esta performance assegurou a conquista das medalhas de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no dueto e equipe.

Referências

  1. CBDA. «Lara e Nayara, tristeza pelo 13º». Consultado em 29 de agosto de 2008 
  2. COB Equipe de nado sincronizado é definida para os Jogos Pan-americanos. Visitado em 27 de setembro de 2011.
  3. a b «» Lara Teixeira – Vida em sincronia». Esporte de Fato. Consultado em 12 de julho de 2016 
  4. «De volta à seleção para as Olimpíadas, veterana Lara avisa: "Paro após 2016"». Consultado em 12 de julho de 2016 
  5. Site Oficial
  6. «Perfil na Rio 2016». Consultado em 11 de março de 2016 
  Este artigo sobre um(a) nadador(a) sincronizado(a), integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.