Abrir menu principal
Monumental de Las Ventas
Categoria 1ª Categoria
Estilo Neo-árabe
Inauguração 17 de Junho de 1931
Lotação 23.798 lugares
Propriedade Comunidade de Madrid
Localidade Espanha Madrid
Província Madrid,  Madrid
Coordenadas 40° 25' 55" N 3° 39' 47" O
Geolocalização no mapa: Madrid
Monumental de Las Ventas está localizado em: Madrid
Monumental de Las Ventas

Las Ventas é uma Praça de Toiros em Madrid, capital da Espanha. É o maior recinto deste género em Espanha e o segundo a nível mundial, só ultrapassado pela Praça de Touros México.

Foi inaugurada a 17 de junho de 1931, com o nome de Praça de Las Ventas del Espíritu Santo, por ser o nome do local onde se encontrava. Apesar de já estar aberta, só em 1934 entrou em funcionamento. Foi projectada pelo arquitecto José Espeliú em estilo neo-árabe (o mesmo estilo da Praça de Touros do Campo Pequeno, em Lisboa). A decoração ficou a cargo de Manuel Muñoz Monasterio. A Praça tem capacidade para 23.798 espectadores e a arena tem 60 metros de diâmetro.

A temporada tauromáquica começa em março e prolonga-se até outubro. Há corridas todos os dias na Feira de São Isidro (de meados de Maio a meados de Junho). Começam normalmente entre as cinco ou sete horas da tarde e podem durar de duas a três horas.

Desde 1951 que é possível visitar o Museo Taurino, no interior do edifício; neste encontram-se colecções de objectos relacionados com a tauromaquia e com a história da Praça.

Índice

Triunfos HistóricosEditar

Indultos em Las VentasEditar

Indulto é o prémio concedido a um toiro pela sua extraordinária bravura demonstrada nos três tércios da lide, mediante o qual lhe é perdoada a vida, de modo a sair vivo da praça a fim de ser usado como semental (reprodutor) na respectiva Ganadaria e assim transmitir os seus genes à sua descendência.

O primeiro e único toiro indultado em Las Ventas foi o toiro "Velador" da Ganadaria de Victorino Martín, lidado por Ortega Cano em 19 de julho de 1982.

Toiros indultados em Las Ventas
Ganadaria Toiro Data Matador
  Victorino Martín Velador, nº 121, 520 kg 19 de Julho de 1982   Ortega Cano

Rabos em Las VentasEditar

O corte das duas orelhas e rabo do toiro constituem os máximos troféus concedidos aos toureiros. No total foram concedidos 14 rabos a 12 toureiros na Praça de Las Ventas, desde a sua inauguração em 1934.

O primeiro rabo cortado em Las Ventas foi concedido a Juan Belmonte na corrida inaugural da Praça em 21 de Outubro de 1934 na lide de um toiro de Carmen de Federico. Manuel Rodriguez "Manolete", considerado o maior toureiro da história da tauromaquia, executou no dia 6 de Junho de 1944 a sua maior faena em Madrid, premiada com duas orelhas e rabo, a um toiro, de nome "Ratão", da Ganadaria portuguesa de Pinto Barreiros.

Toureiros com rabos cortados em Las Ventas
Toureiro Rabos Data Ganadaria
  Juan Belmonte 2 21 de Outubro de 1934   Carmen de Federico
22 de Setembro de 1935   Coquilla
  Manolo Bienvenida 2 2 de Junho de 1935   Tomás Pérez de la Concha
Junho de 1936   Sánchez Fabrés
  Marcial Lalanda 1 28 de Outubro de 1934   Terrones
  Alfredo Corrochano 1 22 de Setembro de 1935   Coquilla
  Curro Caro 1 29 de Setembro de 1939   Martín Alonso
  Lorenzo Garza 1 29 de Setembro de 1939   Martín Alonso
  Domingo Ortega 1 24 de Maio de 1939   Antonio Pérez Tabernero
  Vicente Barrera 1 24 de Maio de 1939   Antonio Pérez Tabernero
  Pepe Bienvenida 1 24 de Maio de 1939   Antonio Pérez Tabernero
  Manolete 1 6 de Junho de 1944   Pinto Barreiros
  Palomo Linares 1 22 de Maio de 1972   Atanasio Fernández
 /  Diego Ventura (rejoneador) 1 9 de Junho de 2018   Los Espartales

Porta Grande de MadridEditar

A saída em ombros pela Porta Grande da Praça de Toiros de Las Ventas constitui uma honraria concedida aos toureiros premiados com, pelo menos, duas orelhas na lide dos seus toiros. A concessão de troféus em Las Ventas é das mais exigentes do Mundo, pelo que ser premiado com duas orelhas na mesma corrida é um feito difícil de alcançar.

Ligações externasEditar