Laurel Ptak

Laurel Ptak é uma artista, curadora, escritora e educadora baseada na cidade de Nova Iorque.

Laurel Ptak
Ocupação Artista, curadora, escritora, educadora

CarreiraEditar

Anteriormente, Ptak atuou como diretora e curadora da organização sem fins lucrativos Art in General, fundada por artistas, na cidade de Nova Iorque de 2017 a 2020.[1][2] Uma figura multidisciplinar dentro do campo da cultura, ela fez contribuições nas disciplinas de fotografia,[3] novos médias,[4] arte de prática social,[5] curadoria[6] e tecnologia.[7] Ela foi nomeada uma das 100 Principais Pensadores Globais pela revista Foreign Policy em 2014.[8] Atualmente é professora MFA na Escola de Arte, Média e Tecnologia da The New School[9] e membro do corpo docente do programa de pós-graduação em Prática Curatorial da School of Visual Arts.[10]

O seu trabalho analisou os efeitos sociais da tecnologia e projetos recentes abordaram tópicos como feminismo,[11] hackeamento[12] e redes sociais.[13] Ptak é co-editora do livro Undoing Property? com a artista Marysia Lewandowska.[14] Os seus ensaios, entrevistas e projetos artísticos exploram temas de trabalho imaterial, economia política e bens comuns. Um dos projetos mais conhecidos de Ptak, Wages For Facebook,[15] baseia-se em ideias da campanha feminista internacional Wages for housework dos anos 1970 para pensar as relações contemporâneas de capitalismo, classe e trabalho afetivo dentro das redes sociais.[16] Quando foi lançado como website, atraiu imediatamente mais de 20.000 visualizações e foi rapidamente debatido internacionalmente nas redes sociais e na imprensa, desencadeando uma conversa pública sobre os direitos dos trabalhadores e a própria natureza do trabalho, bem como a política da sua recusa, na era digital.[17] Ela é co-fundadora do premiado projeto Arte+Feminismo uma maratona de edição da Wikipédia, que aborda as disparidades de género online e os seus efeitos nas formas públicas de conhecimento, com edições públicas organizadas a cada ano no Museu de Arte Moderna na cidade de Nova Iorque e co-organizado por inúmeras instituições de arte e universidades ao redor do mundo.[18]

Ptak estudou arte, teoria crítica e história da arte no Hampshire College e possui mestrado em curadoria e história da arte contemporânea pelo Center for Curatorial Studies do Bard College, onde escreveu a sua tese de graduação sobre arte feminista na década de 1990.[19]

ReferênciasEditar

  1. «Art in General Appoints Laurel Ptak as Executive Director». artforum.com (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2017 
  2. «Art in General». artingeneral.org. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  3. «25 Under 25: Up-And-Coming American Photographers». Duke University. Consultado em 15 de abril de 2015 
  4. Robin Cembalest (fevereiro de 2014). «101 Women Artists Who Got Wikipedia Pages This Week». Artnews. Consultado em 15 de abril de 2015 
  5. Jason Foumberg (fevereiro de 2014). «It Take Practice». Artforum. Consultado em 15 de abril de 2015 
  6. Rozalia Jovanovic (setembro de 2012). «Independent Curators International Announced Nominees for 2012 Independent Vision Curatorial Award». New York Observer. Consultado em 15 de abril de 2015 
  7. Jessica Weisberg (janeiro de 2014). «Should Facebook Pay Its Users?». The Nation. Consultado em 15 de abril de 2015 
  8. «A World Disrupted: The Leading Global Thinkers of 2014». Foreign Policy Magazine. Novembro de 2014. Consultado em 15 de abril de 2015 
  9. «Art, Media, Technology Faculty». The New School. Consultado em 15 de abril de 2015 
  10. «SVA Curatorial Practice Master of Arts». Consultado em 29 de janeiro de 2017 
  11. Catherine Wagley (fevereiro de 2014). «Wikipedia Becomes a Battleground for Art Activism». L.A. Weekly. Consultado em 15 de abril de 2015 
  12. Stephen Squibb (fevereiro de 2014). «Ubiquitous Economies, Free Kevins: Interview with Laurel Ptak». Idiom Magazine. Consultado em 15 de abril de 2015 
  13. Anna North (agosto de 2014). «The Social Network That Pays You to Friend». New York Times. Consultado em 15 de abril de 2015 
  14. «Undoing Property?». Sternberg Press. Consultado em 29 de janeiro de 2017 
  15. «Wages For Facebook». Laurel Ptak. Janeiro de 2014. Consultado em 15 de abril de 2015 
  16. E. Alex Jung (Primavera de 2014). «Wages for Facebook». Dissent Magazine. Consultado em 15 de abril de 2015 
  17. Eyebeam Art + Technology Center (janeiro de 2014). «Wages For Facebook». Consultado em 15 de abril de 2015 
  18. «101 Women Artists Who Got Wikipedia Pages This Week». ARTnews. Consultado em 29 de janeiro de 2017 
  19. «CCS Bard Masters Theses». Center For Curatorial Studies at Bard College. Consultado em 29 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 24 de janeiro de 2012