Abrir menu principal
Leandro Bassano
Nascimento 10 de junho de 1557
Bassano del Grappa
Morte 15 de abril de 1622 (64 anos)
Veneza
Cidadania República de Veneza
Progenitores Pai:Jacopo Bassano
Irmão(s) Francesco Bassano, Gerolamo Bassano
Ocupação pintor

Leandro Bassano (Bassano del Grappa, 10 de Junho de 1557 — 15 de abril de 1622 Veneza, 1622), também conhecido como Leandro dal Ponte foi um artista italiano de Bassano del Grappa, irmão mais novo de Francesco Bassano, o Jovem, e terceiro filho de Jacopo Bassano. O nome deles é decorrente da cidade de Bassano del Grapa. Leandro estudou com seu irmão na oficina de seu pai, mas assumiu o lugar quando Francesco abriu uma oficina em Veneza. Leandro seguiu a tradição das obras religiosas de seu pai, mas também tornou-se conhecido por pintar retratos.

Por volta de 1575, Leandro tornou-se um ajudante importante para seu pai, já que seu irmão estava em Veneza. Seu pai queria que o terceiro filho continuasse o estúdio em Bassano del Grappa, porém, depois de sua morte, o irmão de Leandro, Francesco, cometeu suicídio e o artista decidiu então assumir o estúdio em Veneza. Lá, ele se tornou um retratista de sucesso, se aproximando do estilo do mestre veneziano, Tintoretto.

Leandro desenvolveu seu estilo, assumindo a influência veneziana, promovendo seu estilo de desenho fino. Sua abordagem na pintura diferiu da de seu pai, já que Leandro usava pinceladas finas, com cores claras e leves, aplicadas suavemente em áreas bem definidas, ao contrário de seu pai, que pintava com movimentos robustos e pinceladas densas.[1]

Seu sucesso se fez em Veneza, inclusive o proporcionando uma cavalaria do Doge de Veneza, Marino Grimani, em 1595. Ele passou o resto de sua vida na cidade.[2] Com isso, Leandro começou a assinar seu nome com o honorário "Eques".[3] Grande parte de seu trabalho não está datado e suas obras às vezes são confundidas com outros artistas. Este é o caso do Portrait of a Old Man, que está no Museu de Belas Artes de Budapeste - certa vez pensaram se tratar de uma obra de Tintoretto.

Além de seus muitos retratos e peças religiosas, Leandro pintou obras seculares de gênero, como a Concert, que está atualmente na Galeria Uffizi, e Kitchen Scene, exposta no Museu de Arte da Universidade de Indiana.

ObrasEditar

RetratosEditar

Obras religiosasEditar

Outros tiposEditar

Referências

  1. "Leandro Bassano", The Grove Dictionary of Art, 2007.
  2. C. Ridolfi, Le meraviglie dell'arte, overo le vite degl'illustri pittori veneti e dello Stato, II, Venetia, Gio. Battista Sgava, 1648 (ed. DF von Hadeln, Berlim 1914-1924), p. 166
  3. "Leandro Bassano", Nicolas Pioch, WebMuseum, Paris, 2007.
  Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.