Abrir menu principal

Lei escoteira

(Redirecionado de Lei Escoteira)

A Lei escoteira é um código de conduta praticado entre escoteiros.

OrigensEditar

O conjunto de regras tem inspiração no Bushido japonês, nas leis de honra dos índios norte-americanos, nos códigos da cavalaria medieval europeia, e no Reino Zulu.[1][2][3]

Os dez artigos da Lei Escoteira são, na versão original de Baden-Powell:[4][5][6]

  1. A Honra, para Escoteiros, é ser digno de confiança.
  2. O Escoteiro é leal ao Rei, a sua pátria, aos seus escotistas, aos seus pais, aos seus empregadores, e as seus subordinados.
  3. O dever para o Escoteiro é ser útil e ajudar o próximo.
  4. O Escoteiro é amigo de todos e irmão dos demais escoteiros, não importando, que país classe ou credo, que o outro possa pertencer.
  5. O Escoteiro é cortês.
  6. O Escoteiro é amigo dos animais e plantas.
  7. O Escoteiro obedece às ordens dos seus pais, do seu monitor ou do seu chefe escoteiro.
  8. O Escoteiro sorri e assobia sobre todas dificuldades.
  9. O Escoteiro é sóbrio econômico e respeita o bem alheio.
  10. O Escoteiro é limpo no pensamento,na palavra e na ação.

Referências

  1. Seton e Baden-Powell 1911, p. 31
  2. Rosenthal, Michael (1986). Baden-Powell and the Origins of the Boy Scout Movement. London: Collins. p. 111 
  3. Baden-Powell, Robert (2005). Scouting for Boys. [S.l.]: Oxford. p. 361 
  4. Baden-Powell, C.B., F.R.G.S., Lieut.-General R. S. S. (1908). Scouting for Boys Part I ed. London: Horace Cox. p. 49 
  5. «The British Boy Scouts Pledge and Law an historical survey». Scout History Association. Consultado em 22 de maio de 2006 
  6. Baden-Powell, Sir Robert (1917). «Young Knights of the Empire» – via Gutenberg project