Abrir menu principal
Ninfas

As leimáquides (Λειμακίδες, Leimakídes), também chamadas de limoníades (Λειμωνιάδες, Leimôniádes) ou limenides (Λειμενίδες, Leimenídes), de leimón (λειμών, "prado") eram as ninfas das flores, vivendo nos campos e pradarias. Como todas as ninfas, estavam na categoria de semideuses, o que significa que eram mortais, embora dotadas de longa existência. Alguns representam-na junto a um lago. Era uma das Ninfas da terra, as epigeias.

Nas artesEditar

Em meados do século XX, o escultor francês Muguet Georges realizou um conjunto de seis esculturas, no parc du Château no Saint-Cloud, em Paris, uma delas representando uma leimáquide.[1]

 
Ninfa com flores

Em 1998, o compositor alemão Wolfgang Weller produziu a sua opus 53, intitulada Die Improvisation der Leimoniade (A Improvisação da Leimoníade), obedecendo à escala cromática de tons da Grécia Antiga. A peça foi apresentada em 2000.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Patrimônio de França Arquivado em 28 de outubro de 2008, no Wayback Machine.; Inventário cultural pelo Ministério da Cultura francês, acessadas em 14 de dezembro de 2008 (em francês)
  2. Obras de W. Weller, página acessada em 14 de dezembro de 2008 (em alemão)