Abrir menu principal

O leito é o espaço que pode ser ocupado por um curso d'água, sendo possível distinguir o leito aparente, o leito maior ou leito de inundação, e o leito menor.[1]

Classificação de leitoEditar

O leito do rio pode ser subclassificado em:

  • Leito aparente - é o sulco por onde normalmente correm as águas e os materiais que elas transportam.[2]
  • Leito de inundação ou leito maior - é o espaço do vale que é inundável em época de cheias. Uma inundação ocorre quando o nível das águas ultrapassa os limites do leito aparente, submergindo a área circundante, ou seja, a planície de inundação.[2]
  • Leito de estiagem ou Leito menor - corresponde à zona ocupada por uma quantidade menor de água, como acontece, por exemplo, durante a época de estiagem.[3]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. Jerolmack; Mohrig, David (2007). «Conditions for branching in depositional rivers». Geology. 35: 463–466. doi:10.1130/G23308A.1  |capitulo= ignorado (ajuda)
  2. a b Mateus, Bensau (2019). Impacto dos Desastres no Subdesenvolvimento das Comunidades: Caso de Lobito. [S.l.]: Paco e Littera. 124 páginas. ISBN 9788546217236 
  3. Pomerol, Charles; Lagabrielle, Yves; Renard, Maurice; Guillot, Stéphane (2013). Princípios de Geologia: Técnicas, Modelos e Teorias. [S.l.]: Bookman. 1052 páginas. ISBN 9788565837804 
  Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.