Maria jesus apruebame
Leopoldo Alas
Nome completo Leopoldo Alas y Ureña
Nascimento 25 de abril de 1852
Morte 13 de junho de 1901 (49 anos)
Nacionalidade Espanha Espanhol
Ocupação Escritor
Magnum opus La Regenta

Leopoldo Alas "Clarín" (Zamora, 25 de abril de 1852 - Oviedo, 13 de junho de 1901) foi um escritor e jurista espanhol. Foi um escritor ligado ao movimento realista e naturalista. Foi professor na Universidade de Zaragoza e na Universidade de Oviedo, além de crítico literário. É conhecido principalmente pelo seu romance La regenta.

ObrasEditar

EnsaiosEditar

  • Solos de Clarín (1881).
  • La literatura en 1881 (1882).
  • Sermón perdido (1885).
  • Nueva campaña (1887).
  • Ensayos y revistas (1892).
  • Palique (1894).

RomancesEditar

  • Cuesta abajo (1890-1891).
  • La Regenta (1884-1885).
  • Su único hijo (1890).
  • El abrazo de Pelayo (1889)

ContosEditar

  • El libro y la viuda.
  • El oso mayor.
  • El sombrero del cura.
  • En el tren.
  • En la droguería.
  • Medalla... de perro chico.
  • Pipá.
  • Speraindeo.
  • Superchería.
  • Tambor y gaita.
  • Teresa.
  • Un candidato.
  • Un repatriado.
  • Un voto.

Será publicado pela primeira vez no Brasil pela coleção "Narrativas curtas" em 2020.


  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.