Liga dos Três Imperadores

A Liga dos Três Imperadores (em alemão: Dreikaiserabkommen) foi um tratado consultativo entre as monarquias do Império Russo, da Áustria-Hungria e do Império Alemão.

O tratado foi assinado em 22 de outubro de 1873 no Palácio de Schönbrunn em Viena pelo Kaiser Guilherme I da Alemanha, Kaiser Francisco José I da Áustria e Czar Alexandre II da Rússia para coordenar a política externa entre os participantes.

A Liga dos Três Imperadores foi uma iniciativa de Otto von Bismarck para controlar os contratantes e impedir uma aproximação da Rússia para França, no contexto de aumentar o isolamento da França na Europa.

Na crise dos Bálcãs, iniciada pela Guerra Russo-Turca de 1877-1878 entre o Império Russo e Império Otomano, a política externa de Bismarck fracassou e o tratado foi cancelado depois do Tratado de Berlim (1878), que deixou o Império Russo insatisfeito com os resultados da conferência, organizada por Bismarck.

Em 18 de junho de 1881, Bismarck conseguiu restabelecer o pacto entre os três países na União dos Três Imperadores (em alemão: Dreikaiserbund) que foi sucedido em 1887 pelo Tratado de Resseguro (em alemão: Rückversicherungsvertrag).

FontesEditar

  • Gildea, Robert (2003). Barricades and Borders: Europe 1800–1914. [S.l.]: Oxford University Press. p. 237. ISBN 0-19-925300-5 
  • Langer, William. European Alliances and Alignments 1870–1890 (2nd ed. 1950), pp. 197–212
  • Medlicott, W. N. "Bismarck and the Three Emperors' Alliance, 1881-87," Transactions of the Royal Historical Society Vol. 27 (1945), pp. 61–83 online
  • Meyendorff, A. "Conversations of Gorkachov with Andrassy and Bismarck in 1872," The Slavonic and East European Review (1929) 8#23 pp. 400–08. in JSTOR
  • Schroeder, Paul W. "Quantitative Studies in the Balance of Power: An Historian's Reaction," The Journal of Conflict Resolution (1977) 21#1 pp. 3–22. in JSTOR
  Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.