Limão de cheiro

Limões de cheiro, ou laranjas de cheiro, eram as pequenas bolas de cera recheadas de águas perfumadas característica do carnaval do Rio de Janeiro, na primeira metade do século XIX. Os limões de cheiro eram manufaturados nas casas senhoriais e usados preferencialmente no Entrudo Familiar. Muitos escravos produziam limões de cheiro que eram vendidos em tabuleiros pela cidade no período do Carnaval.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Carnaval de antigamente Educação Pública.

BibliografiaEditar

FERREIRA, Felipe. O livro de ouro do carnaval brasileiro. Rio de Janeiro: Ediouro, 2005.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.