Abrir menu principal

Wikipédia β

Linfócito T auxiliar

Linfócito T auxiliar, célula T colaboradora, LT helper (LTh) ou LT CD4+ é um leucócito que atua ativando e estimulando outros leucócitos a se multiplicarem e atacarem antígenos. Assim, coordenam a resposta imune pela liberação de citocinas.[1] Eles são essenciais na mudança de classe dos anticorpos das células B, na ativação e crescimento das células T citotóxicas e na maximização da ação bactericida dos fagócitos.

TiposEditar

Os LT auxiliares podem ser classificados dependendo do tipo de resposta que possuem[2]:

  • Tipo 0: Imaturo/ingênuo, se torna algum outro tipo dependendo da interleucina que o estimula. O IL-12 estimula a especialização em tipo 1, a IL-4 em tipo 2 e a IL-6 e TGF beta em tipo 17.
  • Tipo 1 (LTh1): Produzem Interferon-gama (IFN-γ) e IL-2 para estimular linfócitos T citotóxicos e macrófagos a destruírem células infectadas por vírus ou bactérias intracelulares.
  • Tipo 2 (LTh2): Produzem IL-4, IL-5, IL-6, IL-13 estimulando linfócitos B a produzirem anticorpos e eosinófilos contra helmintos.
  • Tipo 3: Suprimem a resposta imune, prevenindo excessos (autoimunidade) e desperdício de energia.
  • Tipo 17: Secretam IL-6 e IL-17 estimulando outras células a produzirem uma resposta inflamatória. Útil contra bactérias extracelulares e fungos. Seu excesso de atividade produz artrite reumatoide.

HIVEditar

Os Linfócitos T CD4+ são as células atingidas pelo vírus HIV, causador da AIDS, por isso a doença torna o organismo vulnerável à infecções oportunistas. O vírus HIV invade essas células pois possuem à sua superfície CD4, que se vai ligar à GP-120 deste vírus.

Referências

  Este artigo sobre Histologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.