Linha 10 do Tramway d'Île-de-France

A linha 10 do Tramway d'Île-de-France ou T10 (antigamente denominada Tramway Antony - Clamart ou TAC) é um projeto da linha de tramway com um comprimento de 8,2 quilômetros entre Antony-Croix de Berny e Clamart-Place du Garde. Esta futura linha cruzará especialmente com a linha B do RER e o Trans-Val-de-Marne em Croix de Berny (Antony), e o tramway T6 em Clamart, garantindo a ligação de áreas de atividades e empregos, como o parque de negócios de Plessis-Clamart, diferentes instituições de ensino e pesquisa e áreas densas de habitat.

Este projeto é apoiado desde o início por um aviso muito favorável dos representantes eleitos das comunas envolvidos, bem como o departamento dos Altos do Sena e a região de Ilha de França[1].

Em março de 2014, o Sindicato de Transportes da Île-de-France (STIF) publicou um plano apresentando os projetos do Grand Paris no qual ele atribui a esta linha, cuja inauguração está prevista para 2023[2], o número "10" e a cor verde pálida[3].

A primeira fase das obras começou em dezembro de 2017. As operações de desvio das redes de água, de electricidade, de gás e de telecomunicações estão hoje sob a futura plataforma do tramway devendo durar até 2019[4].

Plano da linha.

HistóriaEditar

A linha vai sair da estação de La Croix de Berny em Antony e passará a RD 986 até o carrefour du 11-Novembre-1918 em Châtenay-Malabry, depois a RD 2, até Clamart (Place du Guarde), a leste da Floresta de Meudon.[5] Ela irá resultar na renovação dos itinerários das linhas de ônibus 195, 290 e 379.

No início de 2011, o projeto evolui e o Sindicato de Transportes da Île-de-France (STIF) parecia ver uma conexão através de um veículo leve sobre pneus, a fim de facilitar a extensão da linha subsequente em direção a Paris[6]. Mas no final, o STIF, na sua reunião de 6 de julho de 2011, aprovou a implementação de um bonde. A consulta prévia ocorreu de 21 de janeiro a 1 de março de 2013 e o inquérito público foi colocado em 2015[7].

Em 10 de julho de 2013, o STIF aprovou o princípio da realização de um projeto de tramway de ferro em corredor próprio, entre La Croix de Berny e Place du Garde por um traçado de 8,2 quilômetros por 14 estações. Como resultado, os estudos são aprofundados tendo em vista a realização da consulta pública, prevista em 2015. Além disso, o princípio de uma extensão para o Grand Paris Express é confirmada. Este, portanto, aumentar o atendimento a esse novo tramway[8].

A consulta pública foi executada de 5 de outubro a 6 de novembro de 2015[9]. O projeto foi declarado de utilidade pública em 11 octobre 2016[10].

As obras de preparação iniciaram em dezembro de 2017[11]. As obras de engenharia civil estão previstas para começar em 2019[12].

EstaçõesEditar

  • La Croix de Berny
  • Grenouillère
  • Vincent Fayo
  • Allende
  • Esplanade
  • Cinéma Rex
  • Centre Commercial
  • 11 novembre
  • Noveos
  • Parc des Sports
  • Édouard Herriot
  • Hôpital Béclère
  • Jardin Parisien
  • Place du Garde

Extensão para o norteEditar

Está prevista a extensão da linha, em uma segunda fase, até Issy-les-Moulineaux. A extensão foi originalmente previsto até a estação de Issy-Val de Seine, mas, eventualmente, poderia ser realizado até a estação de Issy[13], com acesso mais fácil, e que terá uma estação da linha 15.[14] do Grand Paris Express e uma estação da linha 12. O viário é no entanto íngreme e de largura insuficiente para permitir a coexistência entre um tramway e o tráfego rodoviário, o que poderia levar a considerar a passagem por um túnel[15]

Em 2015, o dossier de enquete pública especifica que as opções da extensão para o norte, para a estação de Issy ou a estação de Clamart estão em estudo, seja na superfície ou em subterrâneo[16].

Referências

  1. «Les deux villes seront bien reliées par un tramway». www.leparisien.fr/. Consultado em 17 de junho de 2009 
  2. LETTRE D’INFO N°8 - MAI 2017[ligação inativa]
  3. «Le Nouveau Grand Paris» (PDF). Mars 2014. Consultado em 31 de maio de 2016. Arquivado do original (PDF) em 21 de abril de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda).
  4. «Antony-Clamart les travaux du T10 ont commencé». www.leparisien.fr/. 11 de dezembro de 2017. Consultado em 12 de janeiro de 2017 
  5. «Liaison intradépartementale entre Antony et Clamart». www.hauts-de-seine.net/. Consultado em 8 julho de 2011. Arquivado do original em 5 de março de 2010 .
  6. «Présentation du projet mise à jour le 16 juin 2011». www.stif.org/. Consultado em 16 de junho de 2011 .
  7. «Un nouveau Tramway en Ile-de-France Le STIF a décidé de créer un tramway entre Antony et Clamart» (PDF). www.stif.org/. Consultado em 8 julho de 2011 .
  8. «Délibération 2013-226 - Tramway Antony - Clamart - Bilan de la concertation préalable» (PDF). stif.org. 10 julho de 2013. Consultado em 20 de setembro de 2015 
  9. «Le dossier d'enquête publique unique». tramway-t10.fr. 20 de setembro de 2015. Consultado em 22 de setembro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 .
  10. Florence Guernalec (21 de outubro de 2016). «IDF : le tram T10 Antony-Clamart déclaré d'utilité publique». mobilicites.com. Consultado em 23 de outubro de 2016 .
  11. Nouvelles avancées pour le tramway en Île-de-France, page 1, communiqué de presse du 11 février 2015, consulté le 15 janvier 2018.
  12. «Tram 10». Le calendrier des Travaux. tram10.fr. p. § 2019-2022 – Travaux du tramway. Consultado em 15 de janeiro de 2018 .
  13. «Atlas de la Société du Grand Paris p. 17» (PDF). www.societedugrandparis.fr/. Consultado em 8 julho de 2011 
  14. Issy RER Arquivado em 28 de agosto de 2013, no Wayback Machine. - Société du Grand Paris
  15. «Bilan de la concertation préalable» (PDF). www.tramway-antony-clamart.fr/. Consultado em 2 de março de 2014. Arquivado do original (PDF) em 2 de março de 2014 
  16. «DOSSIER D'ENQUETE PREALABLE A LA DECLARATION D'UTILITE PUBLIQUE — PIECE B : NOTICE EXPLICATIVE» (PDF). www.tramway-t10.fr/. p. 15. Consultado em 23 setembro 2015. Arquivado do original (PDF) em 23 de setembro de 2015 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar