Live and Let Die (álbum)

Live And Let Die é o terceiro e último álbum de estúdio da dupla de hip hop americana Kool G Rap & DJ Polo, que foi lançado em 24 de Novembro de 1992, pela Cold Chillin' Records. O álbum apresenta participações de Ice Cube, Big Daddy Kane, Scarface, e Bushwick Bill. Os singles "Ill Street Blues", e "On the Run" receberam ambos constante airplay no Yo! MTV Raps e no Rap City desde o lançamento do álbum.

Live & Let Die
Álbum de estúdio de Kool G Rap & DJ Polo
Lançamento 24 de Novembro de 1992
Gravação 1991-1992
Cherokee Recording Studio, Westlake Audio, Paramount Studio - (Los Angeles, Califórnia)
Gênero(s) Hip hop, East Coast hip hop, gangsta rap, mafioso rap, horrorcore
Duração 61:45
Gravadora(s) Cold Chillin' Records
CC 5001
Produção Sir Jinx, Kool G Rap, Trackmasters
Cronologia de Kool G Rap & DJ Polo
Wanted: Dead or Alive
(1990)
4,5,6
(1995)
(Kool G Rap)
Singles de Live and Let Die
  1. "Ill Street Blues"
    Lançamento: 26 de Fevereiro de 1993
  2. "On the Run"
    Lançamento: 24 de Maio de 1993

Warner Bros. Records eventualmente se recusou a distribuir Live and Let Die como parte de seu contrato com a Cold Chillin' Records por causa do conteúdo lírico e da capa do álbum.[1] Não se sabe se um número de catálogo da Warner Bros. Records foi atribuído ao lançamento. Live and Let Die permaneceu fora de impressão até ser re-lançado e remasterizado com vários materiais bônus em Agosto de 2008 pela Traffic Entertainment Group, os atuais donos do catálogo da Cold Chillin'. Através dos anos, vários críticos musicais o tem considerado um clássico do underground, devido ao lirismo intricado de Kool G Rap e a produção de Sir Jinx.

Comparado aos temas líricos dos álbuns anteriores da dupla, este álbum apresenta um foco ainda maior nas letras hardcore gangsta e mafioso rap. O conteúdo violento e sexual é muito mais gráfico do que em qualquer outro álbum de Kool G Rap & DJ Polo. A maioria das canções apresentam história vívidas de algum tipo, muitas delas relacionadas ao crime organizado (especialmente nos singles "On the Run" e "Ill Street Blues") e crime de rua violento ("Train Robbery", "Two to the Head"). Há também sex raps ("Operation CB", "Fuck U Man"), histórias horrorcore ("Straight Jacket", "Edge of Sanity"), e até comentários sócio-políticos similares aos de Public Enemy e Boogie Down Productions ("Crime Pays"). As canções "Home Sweet Home", "Fuck U Man", e "Still Wanted Dead or Alive" atuam como sequências, respectivamente, para as canções "Streets of New York", "Talk Like Sex", e "Wanted: Dead or Alive" do álbum anterior.

RecepçãoEditar

Resposta da críticaEditar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic      [2]
Billboard (Favorável)[3]
Robert Christgau Dud[4]
Rolling Stone      [5]
The Source      [6]
Trouser Press (Favorável)[7]

Apesar de Live and Let Die recebido a mesma quantidade de sucesso comercial e atenção que os outros lançamentos de Kool G Rap, é largamente favorecido por críticos e por fãs. Andy Kellman do Allmusic deu ao álbum 4 ½ de 5 estrelas, e disse; "Um caso forte poderia ser feito para Live and Let Die como a maior realização de Kool G Rap & DJ Polo." Ele também disse que "O álbum é uma história após a outra que chamam sua atenção sem falha, e elas vem a você de vários ângulos. Seja fazendo um assalto a um trem, descarregando sua frustração sexual, analisando sua psicose, ou dominando as ruas, G Rap é um profissional em manter um público cativo. Todos os fãs obstinados de East Coast rap, especialmente seguidores de The Notorious B.I.G., devem a si mesmos se tornarem bem familiarizados com este álbum." Jeff Chang do Trouser press deu ao álbum uma avaliação favorável e elogiou a química entre Kool G Rap e o produtor Sir Jinx, assim como o lirismo e a produção geral do álbum.

Lista de faixasEditar

# Título Produtores Samples[8] Duração
1 "Intro" Sir Jinx,
Kool G Rap
0:41
2 "On the Run" Sir Jinx,
Kool G Rap
4:40
3 "Live and Let Die" Sir Jinx,
Kool G Rap
  • Chocolate City" de Parliament
  • "Dreaming about You" de Blackbyrds
5:16
4 "Crime Pays" Sir Jinx,
Kool G Rap
2:17
5 "Home Sweet Home" Sir Jinx,
Kool G Rap
  • "Reverend Lowdown" de Eddy Senay
2:37
6 "Train Robbery" Sir Jinx,
Kool G Rap
4:12
7 "# 1 with a Bullet" (feat. Big Daddy Kane) Sir Jinx,
Kool G Rap
2:36
8 "Operation CB" Sir Jinx,
Kool G Rap
4:28
9 "Straight Jacket" Trackmasters 3:11
10 "Ill Street Blues" Trackmasters 3:46
11 "Go For Your Guns" Sir Jinx,
Kool G Rap
4:37
12 "Letters" Sir Jinx,
Kool G Rap
  • "Give the Baby Anything the Baby Wants" de Joe Tex
3:40
13 "Nuff Said" Sir Jinx,
Kool G Rap
2:47
14 "Edge of Sanity Sir Jinx,
Kool G Rap
5:12
15 "Fuck U Man" Trackmasters
  • "Save Their Souls" de Hamilton Bohannon
  • "Different Strokes" de Sly Johnson
  • "Talk Like Sex" de Kool G Rap & DJ Polo
4:01
16 "Still Wanted Dead or Alive" Sir Jinx,
Kool G Rap
3:24
17 "Two to the Head" (feat. Scarface, Bushwick Bill, Ice Cube) Sir Jinx,
Kool G Rap
4:46
Título Duração
1. "Ill Street Blues (Illest Version)"    
2. "Ill Street Blues (A Cappella Version)"    
3. "Ill Street Blues (Instrumental)"    
4. "Fuck U Man (Original 12' Version)"    
5. "On the Run (Dirty Al Capone)"    
6. "On the Run (Instrumental Al Capone)"    
7. "On the Run (Remix A Cappella)"    
8. "On the Run (Clean Al Capone)"    
9. "On the Run (Dirty Untouchable)"    
10. "On the Run (Instrumental Untouchable)"    
11. "On the Run (Clean Untouchable)"    
12. "Straight Jacket (Original 12' Version)"    
13. "Letters (Clean Edit Version)"    

CréditosEditar

  • Kool G Rap - intérprete, produtor
  • Big Daddy Kane - intérprete
  • Ice Cube - intérprete
  • Scarface - intérprete
  • Bushwick Bill - intérprete
  • Sir Jinx - produtor
  • Trackmasters - produtor
  • George DuBose - fotografia

Posições nas paradasEditar

Referências

  1. Code of Silence: Kool G Rap interview in The Source by Reginald C. Dennis, January 1993.
  2. Kellman, Andy. Review: Live and Let Die. Allmusic. Retrieved on 2010-01-31.
  3. Columnist. Review: Live and Let Die. Billboard: 24. November 1992.
  4. Christgau, Robert. Review: Live and Let Die. Robert Christgau. Retrieved on 2010-01-31.
  5. Hoard, Christian. Review: Live and Let Die. Rolling Stone Album Guide (2004). P: 465.
  6. Columnist. Review: Live and Let Die. The Source: 56. February 1993.
  7. Chang, Jeff. Review: Live and Let Die. Trouser Press. Retrieved on 2010-01-31.
  8. «Rap Sample FAQ Search: Kool G Rap». The-Breaks.com. Consultado em 15 de setembro de 2009