Llibre del Repartiment de Mallorca

O Llibre de Repartiment de Mallorca ("Livro da repartição de Maiorca") é um livro de registro onde os escribas do rei Jaime I de Aragão anotavam as promessas de doação de propriedades após a conquista. O livro registra meticulosamente as doações de casas ou terrenos feitas por Jaime I aos nobres aragoneses, catalães e outros, que participaram na conquista de Maiorca. Evidentemente, os bens foram desapropriados aos muçulmanos que naquela altura habitavam a ilha de Maiorca.

Este livro conserva-se no "Arquivo do reino de Maiorca", na cidade de Palma, e na realidade consta de dois volumes: um bilingue em latim e árabe, e outro em catalão.[1]

As cidades com maior participação na empresa foram Barcelona e Marselha, a primeira com um total de 877 cavalarias e a segunda com 636, seguidas da Ordem dos Templários, que obteve 525.[2]

Referências

  1. CCRTV. «Llibre del repartiment (segle XIII)» (em catalão). Consultado em 30 de outubro de 2010. Arquivado do original em 5 de fevereiro de 2011 
  2. Guillem Roselló Bordoy. «Mallorca 1232 : Colectivos urbanos, órdenes militares y reparto del botín.». Consultado em 30 de outubro de 2010 [ligação inativa]

Ver tambémEditar