Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Luiz Pinto Ferreira
Nascimento 7 de outubro de 1918
Recife
Morte 7 de abril de 2009 (90 anos)
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Advogado, político e escritor
Principais trabalhos Interpretação da literatura brasileira (1958)
Prémios Prêmio Literário Othon Bezerra de Mello (1958)

Luiz Pinto Ferreira (Recife, 7 de outubro de 19187 de abril de 2009) foi um advogado, político e escritor brasileiro.

Primeiros anosEditar

Sendo filho de Alfredo e Maria Regina, Pinto Ferreira foi alfabetizado por sua tia, Hermínia.

Aos 15 anos de idade, realizou a inscrição para o vestibular de Direito na Faculdade de Direito do Recife (atualmente Universidade Federal de Pernambuco) e conseguiu ser o primeiro colocado. Com apenas 17 anos de idade e enquanto era estudante da graduação, lançou seu primeiro livro: Novos rumos do Direito Público, sendo objeto de elogios de seus professores e de juristas como Clóvis Beviláqua e Pontes de Miranda[1].

Aos 20 anos, concluiu o curso de Direito, sendo o aluno laureado de sua turma.

Docência universitária e pesquisas realizadasEditar

Pinto Ferreira foi durante algum tempo advogado, mas logo se tornou Promotor de Justiça. Em 1944 (seis anos após se formar em Direito), foi aprovado no concurso para professor Livre-Docente de Teoria Geral do Estado da Faculdade de Direito do Recife, apresentando uma tese sobre soberania.

Em 1950, tornou-se Professor Catedrático de Direito Constitucional na mesma instituição após ser aprovado em concurso com a tese “Princípios Gerais de Direito Constitucional Moderno” que seria publicado mais tarde como um de seus principais livros[1].

Além de Teoria do Estado e de Direito Constitucional, Pinto Ferreira foi professor de Sociologia, Filosofia, Direito Administrativo e Geopolítica em várias instituições, inclusive ensinando em Programas de Mestrado e Doutorado. Dentre suas pesquisas, sempre focou em estudos sobre a Constituição e questões da sociologia.

Era membro da Academia Pernambucana de Letras, onde ocupava a cadeira 6.

Atividade políticaEditar

Em 1962, foi eleito suplente de senador pelo PTB na chapa de seu correligionário José Ermírio de Moraes, chegando a assumir o mandato entre 1962 e 1963. Seus pronunciamentos enquanto senador foram sempre associados ao governo Jango e sua defesa pelo nacionalismo econômico como foi o caso de seu pronunciamento no dia 2 de abril de 1963 (um ano antes do início do regime militar) [2][3].

No período militar, foi presidente do MDB local e ofereceu sua própria residência como sede do partido. Posteriormente, participou da Comissão dos Notáveis e redigiu um anteprojeto da Constituição do Brasil de 1988. Redigiu também um anteprojeto da Constituição de Pernambuco e ofereceu como presente ao governo do seu Estado[4].

Dentre as homenagens recebidas, destacam-se os títulos de Professor Emérito da UFPE e de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra.

Livros publicadosEditar

Pinto Ferreira publicou mais de 200 livros, entre 1937 e 2001. Alguns deles são:

  • Novos rumos do Direito Público (o primeiro, em 1937)
  • Teoria científica do conhecimento
  • Sociologia das revoluções
  • Ologênese Ciclo Social
  • Teoria do espaço social
  • A democracia socialista e o presidencialismo brasileiro
  • Princípios gerais do Direito Constitucional moderno
  • Tobias Barreto e a nova escola do Recife
  • Pernambuco e seu destino histórico
  • Teoria geral do Estado
  • As Constituições dos estados no regime federativo
  • Recordação de Hegel
  • História da Faculdade de Direito do Recife
  • Educação e Constituinte
  • Presidencialismo e parlamentarismo
  • A constitucionalização simbólica
  • A justiça no estado de direito
  • Internet, crimes eletrônicos e criptografia
  • Dicionário de Sociologia
  • Pequena história da literatura brasileira.

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. a b Rodrigues, Rodrigo Paiva | Thiago. «Luiz Pinto Ferreira». www.luizpintoferreira.com. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  2. «Senador Pinto Ferreira - Senado Federal». www25.senado.leg.br. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  3. «Pronunciamento de Pinto Ferreira em 02/04/1963 - Pronunciamentos - Senado Federal». www25.senado.leg.br. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  4. «Currículo de Pinto Ferreira» (PDF)