Luiz Roberto Borges

Luiz Roberto Borges (São Paulo, 13 de setembro de 1942[onde?], 13 de dezembro de 1993) foi o fundador, maestro titular e diretor artístico da Sociedade Pro-Musica Sacra em maio de 1970.

Luiz Roberto Borges
Luiz Roberto Borges, década de 80, São Paulo, SP, Brasil.

EstudosEditar

Borges realizou estudos fundamentais de Harmonia, regência, contraponto, fuga, instrumentação, orientado por H.J.Koellreutter, Roberto Schnorrenberg, David Machado, Simone Blech, e Diogo Pacheco. Também orientou músicos como Joaquim Paulo do Espírito Santo, Alexandre Zilahi, entre outros.

TrabalhosEditar

Aos 22 anos, Borges tornou-se o regente mais jovem da Orquestra Sinfônica de São Paulo.[1]

De 1965 a 1969, regeu o Madrigal das Arcadas, coro criado por estudantes da Faculdade de Direito da USP (conhecida como Casa das Arcadas, situada no Largo São Francisco, São Paulo). Apresentava um repertório amplo e variado, de música sacra e profana, com peças da Idade Média e Renascença até a época contemporânea, algumas em estreia mundial. O coro participou do 1º Festival Pan-Americano de Corais de Porto Alegre, em 1970, e dos Festivais de Inverno de Ouro Preto e de Campos do Jordão, em 1970 e 1971. [<http://www.revista.brasil-europa.eu/116/1968-Madrigal-das-Arcadas.htm> e Google.]

Borges foi fundador, em 1970, de um dos grupos autônomos mais antigos de São Paulo, a Sociedade Pró-Música Sacra, que, como diz o nome, dedica-se exclusivamente ao repertório sacro nacional e estrangeiro, mas não tem vínculos com a Igreja Católica. O coral, formado por 40 pessoas entre 25 e 70 anos, foi criado em 1970 por Luiz Roberto Borges, morto no início dos anos 90.[2]

Com a Sociedade Pro-Musica Sacra desenvolveu e apresentou em salas de concerto e igrejas dezenas de obras importantes da vasta literatura coral sinfônica. Também tornou-se regente do Madrigal das Arcadas, do Movimento Villa-Lobos, na cidade de São Carlos. Ofereceu concertos com a orquestra Filarmônica de São Paulo, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra Sinfônia Municipal, Sinfônica Jovem, e Conjunto de Metais de São Paulo. Participou da estréia em São Paulo da "Missa a quatro vozes", das "Vespro dela Beata Virgine" de Claudio Monteverdi. Teve a crédito o "Te Deum", a "Missa de Requiem", a Missa em Fá menor de Anton Bruckner, a "Missa Nelson" ("Nelsonmesse"), o oratório "A Criação do Mundo" de Joseph Haydn [3], o "Requiem" K.V.626, a "Missa da Coroação" K.V.317, a Grande Missa em Do menor K.V.427, de W.A. Mozart; a Missa em Do Maior, op. 86, e a IX Sinfonia de Beethoven; a Missa em Sol Maior de Schubert, "Ein Deutsches Requiem" op.45 de Brahms [4]; Paixões Segundo São João e São Mateus de J.S. Bach, cantatas BWV 71, 78, 80[5], 169, 170, os oratórios "Messias"[6], "Israel no Egito" de Händel, "Elias" de Mendelssohn, o "Gloria" em Ré Maior de Vivaldi [7], a rarissima e importante "Missa Solemnis" de Sigismund Neukomm; a estréia mundial da cantata "In Nativitate Domini"[8] de Amaral Vieira no Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão; obras de Padre José Maurício Nunes Garcia (quem ele estava estudando quando faleceu); Sinfonia n1 em Ré Menor de João Domingos Bomtempo, Serenata em Ré Maior op.11, de Brahms, etc.

Borges criou o Festival de Corais da Sociedade Pró Música Sacra em 1972, que se repetiu durante décadas.[3][5][9]

Borges também regeu a Orquestra Sinfônia Municipal, a Orquestra Filarmônica de São Paulo, o Conjunto de Metais da Cidade de São Paulo [10], o Madrigal das Arcadas, entre outros.

Apresentou-se na Radio e Televisão Cultura (RTC) em 1981 participando do Especial Semana Santa, regendo o Oratório Israel no Egito, de Hãndel.[11]

Respeitado na área de canto coral, Borges também participou da banca de teste para o Coral do Estado de São Paulo, junto com outros músicos célebres, como a cantora Martha Herr e o maestro Roberto Schnorremberg. Neste ano de 1981, houve uma polêmica ligada à decisão final que aparentemente não levou em conta o resultado da banca.[12]

Profissão e hobbiesEditar

Enquanto desenvolvia sua carreira de músico, trabalhou como advogado na Villares, na "Danneman, Siemsen, Felsberg e Borges", sendo também membro do Comitê de Legislação da Câmara Americana de Comércio para o Brasil.[13][14][15]. Foi especializado em questões internacionais ligadas a marcas e patentes, escrevendo artigos sobre o assunto.[16]. Foi vice-presidente da Associação Brasileira de Propriedade Industrial até o ano de seu falecimento.[17].

Foi também considerado um dos melhores enxadristas brasileiros da década de 60 e 70 [1], participando de vários torneios de nível nacional e paulistano[18] e tendo sido campeão do Estado de São Paulo.[19] Em 28 de março de 1994 foi criado pelo Clube Atlético Paulistano o Torneio Memorial Luiz Roberto Borges, em sua homenagem.[20][21]

PrêmiosEditar

Em 1991 seu coral Pró-Música Sacra ganhou o Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) de Melhor Conjunto Coral, e Regente Coral pela execução da gigantesca Missa em Si menor, BWV 232, de J.S.Bach no Memorial da America Latina em 1990.[10]

ReconhecimentoEditar

Logo após sua morte em 1993, em sua homenagem, deu-se o nome de Maestro Luiz Roberto Borges a uma rua em São Paulo: Rua Maestro Luiz Roberto Borges.

Referências

  1. a b O Estado de S. Paulo de 19 de março de 1994. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19940329-36687-nac-0021-esp-e3-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  2. Quinelato, Enedina (11 de Abril de 1999). Independentes Resistem sem Estrutura.[ligação inativa] Folha de S.Paulo.
  3. a b Jornal Folha de S.Paulo 12 de outubro de 1977 http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?utf8=%E2%9C%93&fsp=on&all_words=&phrase=maestro+Luiz+Roberto+Borges&words=&without_words=&initial_date=&final_date=&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=&group_id=0&theme_id=0&commit.x=41&commit.y=23
  4. Jornal Folha de S.Paulo de 4 de novembro de 1983. http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?utf8=%E2%9C%93&fsp=on&all_words=&phrase=maestro+Luiz+Roberto+Borges&words=&without_words=&initial_date=&final_date=&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=&group_id=0&theme_id=0&commit.x=41&commit.y=23
  5. a b O Estado de S. Paulo de outubro de 1978. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19781015-31775-nac-0205-999-205-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  6. Jornal Folha de S.Paulo 6 de dezembro de 1991. http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?utf8=%E2%9C%93&fsp=on&all_words=&phrase=maestro+Luiz+Roberto+Borges&words=&without_words=&initial_date=&final_date=&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=&group_id=0&theme_id=0&commit.x=35&commit.y=13
  7. Jornal Folha de S.Paulo 15 de junho de 1987. http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?utf8=%E2%9C%93&fsp=on&all_words=&phrase=maestro+Luiz+Roberto+Borges&words=&without_words=&initial_date=&final_date=&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=&group_id=0&theme_id=0&commit.x=41&commit.y=23
  8. Jornal Folha de S.Paulo de 18 de julho de 1992 http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?utf8=%E2%9C%93&fsp=on&all_words=&phrase=Luiz+Roberto+Borges&words=&without_words=&initial_date=&final_date=&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=&group_id=0&theme_id=0&commit.x=42&commit.y=15&commit=Enviar
  9. http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/?utf8=%E2%9C%93&fsp=on&all_words=&phrase=Luiz+Roberto+Borges&words=APCA&without_words=&initial_date=&final_date=&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=1990&group_id=0&theme_id=0&commit.x=35&commit.y=14 Jornal Folha de S.Paulo 20 de setembro 1975
  10. a b O Estado de S. Paulo de 23 de dezembro de 1997. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19971223-38051-spo-0129-sso-z7-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  11. Jornal Folha de S.Paulo de 17 de abril de 1981. http://acervo.folha.com.br/resultados/buscade_talhada/utf8=%E2%9C%93&fsp=on&all_words=&phrase=maestro+Luiz+Roberto+Borges&words=&without_words=&initial_date=&final_date=&date%5Bday%5D=&date%5Bmonth%5D=&date%5Byear%5D=&group_id=0&theme_id=0&commit.x=41&commit.y=23
  12. O Estado de S. Paulo de 27 de maio de 1981. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19810527-32577-nac-0017-999-17-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  13. O Estado de S. Paulo de 19 de maio de 1987 p.37.http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19870319-34372-nac-0037-999-37-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  14. O Estado de S. Paulo 14 de março de 1987 p.18. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19870314-34368-nac-0018-999-18-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  15. O Estado de S. Paulo 13 de março de 1987. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19870313-34367-nac-0019-999-19-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  16. O Estado de S. Paulo 5 de maio de 1987, p.30. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19870530-34432-nac-0030-999-30-not/busca/LUIZ+ROBERTO+BORGES
  17. O Estado de S. Paulo 19/12/1993,P.c9. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19931219-36586-nac-0041-cid-c9-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  18. O Estado de S. Paulo de 28 de julho de 1985, p.40. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19850728-33867-spo-0040-999-40-not/busca/Borges+Luiz+Roberto
  19. O Estado de S. Paulo de 6 de maio de 1964. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19640506-27311-nac-0017-999-17-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  20. O Estado de S. Paulo 31 de maio de 1994, p.27. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19940531-36749-nac-0027-epl-e7-not/busca/Luiz+Roberto+Borges
  21. O Estado de S. Paulo 5 de maio de 1996. http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/19960514-37463-spo-0035-esp-e7-not/busca/Roberto+Borges+LUIZ+ROBERTO+BORGES