Abrir menu principal
M-51
M-51 missile.svg
Tipo Arma nuclear
Local de origem  França
História operacional
Em serviço 2010(ativo)
Utilizadores França
Histórico de produção
Criador EADS Astrium Space Transportation
Custo unitário 4 bilhões de euros investidos no projeto.
Especificações
Peso 52 ton
Comprimento 12,0 m
Diâmetro 2,3 m
Poder explosivo 100 quilotons (por ogiva)

O M51 é um míssil balístico intercontinetal lançado de submarino (SLBM), construido pela ArianeGroup, entrou em serviço com a marinha frâncesa. Foi projetado para ser o substituidor do M45 SLBM (Em frânces MSBS - Mer-Sol-Balistique-Stratégique "Sea-ground-Strategic ballistic"), entrou em serviço em 2010.[1]

Cada míssil carrega seis a dez ogivas termonucleares TN 50, operáveis independentemente. Cada uma com 100 quilotoneladas de TNT.

O motor de três fases do M51 é derivado diretamente dos propulsores de combustível sólido do Ariane 5. Tal como os outros SLMB, tal como o Trident D5, o M51 usa um cone extensivel, com espigão.

Os mísseis são um compromisso sobre o design do SLBM M5, que era para ter um alcance de 11.000 km e carregar 10 "Tête nucléaire océanique" ("ogiva nuclear oceânica") MIRVs de última geração. Os trabalhos de projecção do M5 começaram nos anos 80 pela empresa Aerospatiale, isto antes do projeto ter sido renomeado para M51 em 1996, após isto os custos de desenvolvimento decresceram em 20%. O M51 entrou em serviço em 2010.

Índice

TestesEditar

Ate agora foram feitos apenas testes com projeteis desarmados:

OperadoresEditar

A marinha francesa é a única operadora.[2][3].

Ver tambémEditar

ReferenciasEditar