MO (lojas)

MO é uma marca portuguesa que oferece uma vasta gama de vestuário, calçado e acessórios, com a maior rede de lojas de marca própria em Portugal e uma loja online. A loja online, para além de vestuário, calçado e acessórios para senhora, homem, criança e teen, disponibiliza também produtos de puericultura, mobiliário e brinquedos. É uma das 3 maiores marcas de moda têxtil em Portugal e está integrada no ecossistema de marcas do cartão Continente.

Modalfa Comércio e Serviços S.A.
Privada
Slogan É fácil vestir-me assim
Fundação 2013
Fundador(es) Grupo Sonae
Sede Lugar do Espido Via Norte, Maia, Portugal
Produtos Vestuário, Calçado e Acessórios
Website oficial http://www.mo-online.com

A marca MO nasceu em 2013[1] como evolução da marca Modalfa, que, por sua vez estava já presente no retalho têxtil português desde 1995. A passagem para MO foi justificada pela própria empresa como o "assumir da marca como prática, próxima, divertida, autêntica e curiosa, inspirada na mulher de hoje e na sua família". É a principal marca de moda do Grupo Sonae e faz parte do ecossistema de marcas do Cartão Continente. A marca arrancou apenas com lojas físicas, situadas em shopping malls seleccionados, contando em 2018 com mais de 120 lojas na sua rede. Tem também desde 2015 uma loja virtual.

Internacionalmente, a MO está presente em Espanha, Cambodja, Guatemala, Líbano, Angola e Moçambique.

InternacionalizaçãoEditar

Com a criação da marca MO, o grupo Sonae apostou na sua internacionalização, começando por Espanha, país onde a Sonae SR iniciou a sua atividade fora de Portugal[2].

Seguindo este percurso de internacionalização a empresa expandiu a marca, estando já presente no Camboja, Guatemala, Líbano, Angola[3] e Moçambique[4].

GaleriaEditar

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. Briefing.pt (5 de julho de 2013). «Como a Modalfa se transformou em MO». Jornal Briefing 
  2. Fernandez, A. (28 de março de 2011). «"Sonae abrirá más de 60 tiendas en España este año y liderará la creación de empleo"». Jornal "Expansión" 
  3. Ana Rute Silva (20 de agosto de 2014). «Internacionalização e baixa de preços ajudam Sonae a aumentar vendas». Jornal "Público" 
  4. Ilídia Pinto (4 de fevereiro de 2016). «Grupo Sonae investe no retalho em Moçambique». Jornal "Dinheiro Vivo" 
  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.