Abrir menu principal
Magos, Espadas y Rosas
Álbum de estúdio de Rata Blanca
Lançamento 24 de abril de 1990[1]
Gravação Estudios Buenos Aires
outubro de 1989 a fevereiro de 1990
Gênero(s) Power metal, heavy metal
Duração 44:02
Gravadora(s) PolyGram
Cronologia de Rata Blanca
Rata Blanca
(1988)
Guerrero del Alro Iris
(1992)

Magos, Espadas y Rosas é o segundo álbum de estúdio da banda de rock argentina Rata Blanca. É o primeiro álbum gravado com Adrián Barilari nos vocais.

O disco consagrou a banda, e foi o maior sucesso da história do heavy metal argentino, com 5 milhões de cópias vendidas no mundo todo. Algumas músicas apresentam temáticas místicas, típicas do power metal, como a faixa "La Leyenda Del Hada y El Mago".[2] A faixa "Mujer Amante", escrita por Barilari e Walter Giardino, abriu as portas para o reconhecimento do Rata Blanca e é, até hoje, o maior sucesso da banda.[3][4]

Lista de faixas[1]Editar

Lado A
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "La Leyenda Del Hada Y El Mago"  Roxana Giardino, Walter Giardino 5:16
2. "Mujer Amante"  Barilari, Walter Giardino 6:20
3. "El Beso De La Bruja"  Walter Giardino 4:12
4. "Haz Tu Jugada"  Roxana Giardino, Walter Giardino 6:14
Lado B
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "El Camino Del Sol"  Roxana Giardino, Walter Giardino 9:22
2. "Días Duros"  Carlos Perigo, Walter Giardino 7:15
3. "Porque Es Tan Difícil Amar" (Instrumental)Roxana Giardino, Walter Giardino 5:23

CréditosEditar

Rata Blanca
  • Adrián Barilari - vocais
  • Walter Giardino - guitarra líder
  • Sergio Berdichevsky - guitarra rítmica
  • Hugo Bistolfi - teclado
  • Guillermo Sánchez - baixo
  • Gustavo Rowek - bateria
Produção
  • Mario Sanguinet - produção artística, gravação e mixagem
  • Roberto Ricci - produção executiva
  • Jose Luis Botto - direção de pessoal
  • Eduardo Rodriguez Fontenla - direção geral
  • Jose Luis Massa - fotografia
  • Oscar Festa S.A. - arte/design
  • Pablo Iotti - arte/design

Referências

  1. a b Discogs. «Rata Blanca - Magos, Espadas Y Rosas». Consultado em 29 de maio de 2017 
  2. Nayeli Durand (3 de setembro de 2011). «Rata Blanca, vanguardia en música e información». El Universal. Consultado em 29 de maio de 2017 
  3. Télam (2 de junho de 2011). «Rata Blanca, a 20 años de "Magos, espadas y rosas"». Exitoina. Consultado em 29 de maio de 2017 
  4. «Rata Blanca edita "20 aniversario en vivo, Magos, Espadas y Rosas"» [ligação inativa]