Mahinda Rajapaksa

primeiro-ministro do Sri Lanka

Percy Mahendra "Mahinda" Rajapaksa (Hambantota, 18 de novembro de 1945) é um político do Sri Lanka, foi Presidente do Sri Lanka de 2005 até 2015 e primeiro-ministro do país até maio de 2022. Anteriormente, foi primeiro-ministro de seu país, entre 6 de agosto de 2004 e 21 de novembro de 2005. Foi reeleito presidente em janeiro de 2010.[1]

Mahinda Rajapaksa
Mahinda Rajapaksa
Primeiro-ministro do Sri Lanka
Período 21 de novembro de 2019
a 09 de Maio de 2022
Presidente Gotabaya Rajapaksa
Antecessor(a) Ranil Wickremesinghe
Período 26 de outubro de 2018
a 15 de dezembro de 2018
Presidente Maithripala Sirisena
Antecessor(a) Ranil Wickremesinghe
Sucessor(a) Ranil Wickremesinghe
Período 6 de abril de 2004
a 19 de novembro de 2005
Presidente Chandrika Kumaratunga
Antecessor(a) Chandrika Kumaratunga
Sucessor(a) Ratnasiri Wickremanayake
6.º Presidente do Sri Lanka
Período 19 de novembro de 2005
a 9 de janeiro de 2015
Antecessor(a) Chandrika Kumaratunga
Sucessor(a) Maithripala Sirisena
12.º Líder da Oposição
Período 18 de dezembro de 2018
a 21 de novembro de 2019
Presidente Maithripala Sirisena
Antecessor(a) R. Sampanthan
Sucessor(a) Sajith Premadasa
Período 6 de fevereiro de 2002
a 2 de abril de 2004
Presidente Chandrika Kumaratunga
Antecessor(a) Ratnasiri Wickremanayake
Sucessor(a) Ranil Wickremesinghe
Dados pessoais
Nascimento 18 de novembro de 1945 (76 anos)
Weeraketiya, Distrito de Hambantota, Província do Sul, Sri Lanka
Primeira-dama Shiranthi Rajapaksa
Partido Partido da Liberdade do Sri Lanka (Sri Lanka Freedom Party - SLFP)
Profissão advogado e político

De fé budista, como a maioria da população de seu país, nasceu em Weerakatiya, região rural do distrito de Hambantota.[2] É filho de Alwin Rajapaksa, histórico agitador pela independência de seu país. Trabalhou na Universidade Vidyodaya (atual Universidade de Sri Jayawardanapura) onde se formou advogado. Durante sua vida pública foi também deputado distrital e ministro do Trabalho e Treinamento Vocacional.

Durante a primeira metade de sua presidência, entre 2005 e 2009, esteve a frente das forças armadas do Sri Lanka como chefe de estado da nação durante a parte final da violenta Guerra Civil do Sri Lanka. Sob sua liderança, o governo central cingalês derrotou os rebeldes separatista e restauraram a ordem no país. Contudo, acusações foram feitas contra as forças de Rajapaksa, que foram acusadas de assassinatos, estupros e outros crimes de guerra. Porém, muitos o saúdam como um líder eficiente que derrotou os rebeldes e encerrou o conflito.[3]

Em 2022, o cenário econômico e político do país levou milhares de Cingaleses às ruas do Sri-Lanka. Motivados pela inflação crescente, que atingiu a marca 30% em abril, manifestantes contrários ao governo dos irmãos Gotabaya Rajapaksa e Mahinda Rajapaksa montaram um acampamento em frente a sede do governo no dia 09 de abril. Após um cenário de intensos embates e confrontos violentos entre critícos e apoiadores do governo, o presidente Gotabaya decretou estado de emergência duas vezes em apenas cinco semanas.[4] Em 09 de maio de 2022, após um episódio de violência que culminou na morte de dois manifestantes e um deputado da base governista na cidade de Nittambuwa[5], Mahinda Rajapaksa renunciou ao cargo de primeiro ministro do país.

Referências

  1. «Mahinda Rajapaksa reeleito Presidente do Sri Lanka». Abola.pt. 27 de janeiro de 2010. Consultado em 28 de janeiro de 2010 
  2. President's Fund of Sri Lanka, President's Profile Arquivado em 4 de julho de 2007, no Wayback Machine.
  3. «Who is Mahinda Rajapaksa? Hero or war criminal? Sri Lankan leader stands accused». The Independent. Consultado em 22 de novembro de 2019 
  4. «A revolta contra o governo de dois irmãos no Sri Lanka». Nexo Jornal. Consultado em 12 de maio de 2022 
  5. «Em dia de fúria no Sri Lanka, primeiro-ministro renuncia, deputado morre em protesto e manifestantes cercam sede do governo». G1. Consultado em 12 de maio de 2022 


Precedido por
Ranil Wickremasinghe
Primeiro-ministro do Sri Lanka
2004 - 2005
Sucedido por
Ratnasiri Wickremanayake
Precedido por
Chandrika Kumaratunga
Presidente do Sri Lanka
2005 - 2015
Sucedido por
Maithripala Sirisena
Precedido por
Ranil Wickremasinghe
Primeiro-ministro do Sri Lanka
2018
Sucedido por
Ranil Wickremasinghe
Precedido por
Ranil Wickremasinghe
Primeiro-ministro do Sri Lanka
2019 - presente
Sucedido por
Incumbente