Making a Living

Making a Living
Charlot Jornalista (PRT)
Carlitos Repórter (BRA)
 Estados Unidos
1914 •  p&b •  15 min 
Direção Henry Lehrman
Roteiro Reed Heustis
Elenco Charles Chaplin
Virginia Kirtley
Alice Davenport
Género comédia
Idioma mudo
Página no IMDb (em inglês)

Making a Living (pt: Charlot jornalista / br: Carlitos repórter) é um filme mudo de curta-metragem estadunidense de 1914, do gênero comédia, realizado/dirigido por Henry Lehrman, e produzido por Mack Sennett para os Estúdios Keystone[1].

Este filme marcou a estreia de Charles Chaplin no cinema, e se caracteriza por intensa correria.

SinopseEditar

Slicker é um falso aristocrata inglês que vai trabalhar como repórter e se envolve com o roubo de uma câmera fotográfica com negativos de uma reportagem sensacionalista.

ElencoEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.