Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Contemporâneo cartaz de uma Mami Wata, "serpente priestess" pintado pelo artista alemão Schleisinger (Hamburg), ca. 1926, exibida em santuários como uma imagem popular de Mami Wata, na África e na diáspora. [1][2]

Mami Wata é um panteão de espíritos ou divindades da água, adorados na África Ocidental, África Central, e África Austral e na diáspora africana, nas Caraíbas e partes da América do Norte e América do Sul.

Atributos de Mami WataEditar

Aparência

Alguns devotos e iniciados têm relatado a antropólogos que Mami Wata é normalmente descrita em excessos. Ela possui uma beleza não humana, cabelos longos não naturais, e uma tez mais leve do que o normal. Também é descrita como uma sereia , que sua cauda tinha uma cor esverdeada , e que se vissem muitos peixes em um local do Rio , diziam que a mami wata estava ali.

Referências

  1. Jell-Bahlsen 1997, p. 105
  2. Chesi 1997, p. 255)

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Mami Wata
  Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.