Marchinha do vestibular

A "Marchinha do vestibular" é uma canção do cantor de carimbó e lambada Aurino Quirino Gonçalves, mais conhecido como Pinduca, composta pelo professor Aluap de Lacran no final da década de 1970, com produção e arranjo do próprio intérprete.[2]

"Marchinha do vestibular"
Single promocional de Pinduca
do álbum Pinduca no embalo do carimbó e sirimbó v.7
Lançamento Brasil 1978
Formato(s) LP
Gravação 1978
Gênero(s) Carimbó
Duração 2:34
Gravadora(s) Copacabana[1]
Composição Aluap de Lacran

Esta é, talvez, a sua música mais famosa e está presente em quase todos os seus álbuns. A faixa é normalmente executada durante o resultado dos aprovados em instituições de ensino superior do estado do Pará, sendo considerada o "hino do vestibulando".[3]

Composição e produçãoEditar

A ideia de compor a "Marcinha do vestibular" veio a partir da observação do professor Lacran durante os dias de listão dos aprovados, nos quais acontecia os tradicionais rituais de passagem, como o corte de cabelo, a explosão de fogos de artifício, por exemplo. A canção foi apresentada pela primeira vez ao vivo por Pinduca durante um baile de carnaval do Círculo Militar, com a maioria do público composta por jovens.[2]

Referências

  1. Pinduca (1978). «No Embalo Do Carimbó E Sirimbó - Vol. 7». DiscoGS. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  2. a b Ana Carolina Matos (29 de janeiro de 2019). «Saiba qual a origem da Marcha do Vestibular:Com a voz inconfundível de Pinduca, música foi composta pelo professor Aluap de Lacran no final da década de 1970». O Liberal. Consultado em 4 de fevereiro de 2020 
  3. «UFPA divulga hoje resultado do vestibular». Diário do Pará. Consultado em 14 de maio de 2012