Mare Moscoviense

Mare Moscoviense (do latim: mar de Moscou) é um mar lunar nomeado pelos soviéticos que demonstraram claramente que a margem extrema da Lua é destituída de grandes mares embora existam vários pontos escuros, um dos quais foi prontamente nomeado pelo soviéticos como Mare Moscoviense.[3] Este mare preenche o solo de uma cratera de 300 km de diâmetro.

Mare Moscoviense
Coordenadas 27,0°N, 148,0°E[1]
Diâmetro 275.57 km[2]
Epônimo Mar de Moscou

Referências

  1. Patrick Moore; Robin Rees. Patrick Moore's Data Book of Astronomy. Cambridge University Press; 2011. (em inglês). ISBN 978-1-139-49522-6. p. 48.
  2. «Moon Mare/Maria». Gazetteer of Planetary Nomenclature. USGS Astrogeology  (em inglês)
  3. Paolo Ulivi; Chaochen Zhou. Lunar Exploration: Human Pioneers and Robotic Surveyors. Springer; 2004. ISBN 978-1-85233-746-9. p. 28.