Marrancos

localidade e antiga freguesia de Portugal

Marrancos é uma localidade e uma antiga freguesia portuguesa do município de Vila Verde, com 3,29 km² de área e 504 habitantes (2011).[1] Densidade: 153,2 hab/km².

Portugal Marrancos 
  Freguesia portuguesa extinta  
Igreja Marrancos.jpg
Localização
Marrancos está localizado em: Portugal Continental
Marrancos
Localização de Marrancos em Portugal Continental
Mapa de Marrancos
Coordenadas 41° 40' 16" N 8° 31' 21" O
município primitivo Vila Verde
município (s) atual (is) Vila Verde
Freguesia (s) atual (is) Marrancos e Arcozelo
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 3,29 km²
Outras informações
Orago São Mamede

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Marrancos [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
238 224 244 257 306 352 349 430 432 396 412 491 583 548 1040

HistóriaEditar

A paróquia de São Mamede de Marrancos era, em 1758, curato da apresentação do abade de Santiago de Arcozelo. Pertencia ao concelho de Penela do Minho, outrora designado (Portela de Penela). Em 24 de outubro de 1855 passa, por decreto, para o concelho de Vila Verde.[3]

Foi uma freguesia extinta (agregada) em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Arcozelo formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Marrancos e Arcozelo

PatrimónioEditar

  • Capela da Sra da Guia
  • Avenida Principal
  • Igreja Paroquial
  • Casa do Paço de Marrancos
  • Casa de S. José
  • Cruzeiro de Marrancos

Museu do LinhoEditar

 
Museu do linho

Situado na antiga Escola EB de Marrancos, o museu foi criado em 2013, pelo Sr. Abílio Soares Ferreira, que doou todos os artefactos do espólio do museu permitindo ao visitante conhecer as 16 fases do ciclo do linho, da planta ao bordado[4]. .

Lugares de MarrancosEditar

  • Arranhó (4730-281)
  • Bouça (4730-280)
  • Cruzeiro (4730-280)
  • Devesinha (4730-280)
  • Eira (4730-280)
  • Forninho (4730-280)
  • Igreja (4730-280)
  • Moinhos (4730-280)
  • Monte (4730-280)
  • Monte Aforado (4730-282)
  • Ordem (4730-283)
  • Paço (4730-280)
  • Pousada (4730-280)
  • São José (4730-280)
  • Vila Sambade (4730-280)
  • Vinhas (4730-280)
  • Rua dos amores (4730-280)

Exploração mineiraEditar

 
Evidência de exploração em Marrancos

Historicamente, Marrancos é um local marcado pela sua importância mineira dado as evidências de explorações romanas (trincheiras que acompanham a direcção das estruturas mineralizadas) tendo como principal objectivo a exploração do ouro (Au).

Mais tarde, já no século XX, possíveis mineralizações de Sn- W despertaram o interesse desta zona para a actividade extractiva, embora nunca tenha chegado a fase de exploração.

Nas décadas de 80 a 90, foram realizadas campanhas de prospecção por entidades ligadas às geociências, sem que um potencial mineiro da zona de Marrancos fosse realmente estabelecido. Na senhora da guia como sabemos há ouro

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 7 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. Paróquia de Marrancos, ADMINISTRATIVA, ARCHEEVO, 30 de abril de 2015
  4. Município de Vila Verde (ed.). «Na rota das colheitas». Consultado em 17 de setembro de 2021