Abrir menu principal

Massacre do McDonald's em San Ysidro

Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde julho de 2017).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e direta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

Massacre do McDonald's
James Oliver Huberty
Local San Diego, Califórnia, Estados Unidos
Data 18 de julho de 1984
Tipo de ataque Assassínio em massa
Arma(s) Uzi, Browning Hi-Power e Winchester Model 1200
Mortes 22 (incluindo o assassino)
Feridos 19
Responsável(is) James Oliver Huberty

Nascido em Canton, Ohio, em 11 de Outubro de 1942, James Oliver Huberty contraiu poliomielite quanto tinha três anos de idade, o que o deixou com uma dificuldade permanente em sua caminhada. No inicio da década de 1950, sua mãe uma fanática religiosa o abandonou ao se recusar a se mudar para o país Amish, na Pensilvânia. Criado por seu pai, ele cresceu solitário e ressentido, um menino cuja única companhia era seu cachorro e cujo único interesse era por armas de fogo. Um Ministro mais tarde afirmou que Huberty "culpou Deus" por tirar sua mãe dele. Em sua juventude, Huberty se interessou por armas de fogo e começou a usá-las. Em 1962 ele frequentou o Malone College, um colégio Jesuíta da comunidade, onde obteve um diploma de Bacharel em Sociologia, e também ganhou uma licença para embalsamar depois de frequentar o Instituto Pittsburgh de Ciência Mortuária, embora ele não tenha conseguido um emprego como um embalsamador por completo. Uma das avaliações profissionais dizia que " ele era um bom embalsamador, mas não sabia relacionar-se com as pessoas". Com 23 anos, no instituto ele conheceu uma mulher chamada Etna e se casou com ela em 1965. Tendo duas filhas, Zelia e Cassandra, juntos, Huberty e Etna mudaram-se com a família para Massillon, Ohio, onde encontrou o primeiro trabalho como agente funerário, teve também uma série de outros empregos que ele perdeu rapidamente. A família então mudou-se para a cidade natal de Huberty, Canton, após um incêndio ter demolido completamente sua residência, e lá ele se tornou um soldador. Huberty e Etna tinham um histórico de violência doméstica e ambos apresentavam sinais de comportamento violento: Etna tentou instruir Zélia a agredir fisicamente um colega durante uma festa de aniversário e depois ameaçou a mãe do mesmo colega de classe com uma pistola de 9mm(sendo posteriormente presa pelo ato, mas a pistola não foi confiscada), enquanto Huberty ameaçou atirar no vizinho. Depois de defecar em seu gramado, o cachorro do vizinho matou seu próprio cão em um incidente separado, depois que um vizinho reclamou que ele danificaria seu veiculo. Como resultado de vários desentendimentos com Huberty e Etna, a policia local conhecia bem a família. Em 1983, Huberty se envolveu em um acidente de moto que deixou seu braço direito se contraindo incontrolavelmente, depois que os danos da pólio infantil foram agravados pelo incidente. Como resultado, ele foi forçado a renunciar sua ocupação como soldador. Mais tarde, ele teve problemas legais depois de uma venda frustada de um complexo de apartamentos de seis unidades em Canton. Presumidamente, em resposta ao acidente de moto, a família mudou-se para Tijuana, no México, em Janeiro de 1984, mas depois mudaram-se para San Ysidro, um subúrbio de San Diego. Lá, Huberty tornou-se um guarda de segurança, mas o trabalho não durou muito. Sua família foi forçada a se mudar repetidas vezes, para apartamentos cada vez mais decadentes. Huberty foi ficando cada vez mais paranoico, desabafando aos quatro ventos sua amargura.

O Massacre:

No dia anterior ao Massacre, Huberty ligou para um centro de saúde mental, mas seu sobrenome foi gravado como "Shouberty" e sua ligação não foi retornada devido a sua declaração de que não era uma emergência. Em 18 de Julho de 1984, no dia do massacre, ele levou sua família para o Zoológico de San Diego e depois comeu em um restaurante do McDonald's no bairro de Clairemont; não era o McDonald's que iria ser o local do massacre. Logo apos chegar em casa Huberty chegou ao fim da linha. " A sociedade teve sua chance", ele disse á esposa. Horas mais tarde, Huberty se armou com suas armas, vestiu calças camufladas e uma camisa preta. A esposa perguntou-lhe aonde ia, "Caçar seres humanos", ele disse. Durante seu interrogatório, Etna não deu explicação sobre por que não pensou em denunciar seu marido. Ela também citou o acordo imobiliário falido em Canton como o principal motivador do massacre. Depois de visitar um supermercado Big Bear e uma agencia dos correios, aparentemente procurando por locais para cometer seu massacre, Huberty decidiu então escolher o restaurante San Ysidro McDonald's como seu alvo. Enquanto caminhava pela avenida San Ysidro com suas armas á vista, uma testemunha o viu e chamou a polícia, mas acidentalmente deu a eles o enderenço errado. Enquanto isso, Huberty entrou no restaurante por volta das 15h40 e ordenou que todos dentro se deitassem. Quando todos fizeram o que Huberty ordenou, ele abriu fogo contra todos, ferindo e/ ou matando muitos. Setenta e cinco minutos depois, 21 pessoas estavam mortas, muitas das quais crianças, e outras 19 estavam feridas, um total de 257 balas foram disparadas por Huberty durante o massacre. O massacre não parou até o atirador de elite da SWAT Chuck Foster disparar, por volta das 17h16, Foster disparou um tiro que perfurou uma janela de vidro e atingiu Huberty no coração, matando-o instantaneamente.

Após o Massacre:

O restaurante do McDonald's foi demolido, com a propriedade sendo restabelecida como o Centro de Educação da Southwestern Community College, com um memorial para as vitimas mortas á sua frente.

Vítimas :


• Neva Caine, 22 anos (gerente do McDonald's; baleada no rosto)

• Victor Maximillian " Chito" Rivera, 25 anos (levou 14 tiros)

• María Colmenero-Silva, 19 anos (tiro no peito)

• Claudia Pérez, 9 anos (tiro na bochecha, tronco, coxa, quadril, axila e cabeça)

• Jackie Reyes, 18 anos (levou 48 tiros; estava grávida)

• Carlos Reyes, 8 meses (filho de Jackie Reyes; baleado nas costas)

• Laurence Herman "Gus" Versluis, 62 anos

• Blythe Herrera, 31 (baleado repetidamente na cabeça)

• Matao Herrera, 11 anos (filho de Blythe Herrera; baleado repetidamente na cabeça como sua mãe)

• Arisdelsi Vargas, 31 anos (baleado na parte de trás da cabeça; sobreviveu ao ataque, mas morreu no dia seguinte)

• Hugo Vasquez, 45 anos(tiro no peito)

• Omar Hernández, 11 anos (morto fora do restaurante; baleado na cabeça e no corpo)

• David Delgado, 11 anos (morto fora do restaurante; baleado na cabeça e no corpo como a vítima anterior)

• Aida Victoria, 69 anos (morta fora do restaurante; baleada na cara)

• Miguel Victoria Ulloa, 74 anos (marido de Aida Victoria; ferido por chumbo grosso, depois de ser baleado na cabeça)

• Paulina Auquino López, 21 anos (funcionário do McDonald's)

• Paulina Auquino López, 21 anos (funcionário do McDonald's)

• Margarita Padilla, 18 anos (funcionária do McDonald's)

• José Pérez, 19 anos

• Gloria González, 23 anos

• Michelle Carncross, 18 anos

Feridos:

• Imelda Pérez, 15 anos (irmã de Claudia Pérez)

• John Arnold, 16 anos (tiro no tronco)

• Aurora Peña, 11 anos (sobrinha de Jackie Reyes; baleada na perna e depois novamente no maxilar, pescoço e braço)

• Keith Thomas, 12 anos (baleado duas vezes no ombro e nos braços)

• Ronald Herrera, 33 anos (marido de Blythe Herrera e pai de Matao Herrera; baleado oito vezes no estômago, braço, quadril, ombro e cabeça)

• Guadalupe del Rio, 24 anos (levou tiros repetidamente)

• Joshua Coleman, 11 anos (ferido fora do restaurante; baleado no estômago, nádegas, mãos e braços)

A família Felix (todos feridos fora do restaurante)

• Maricela Felix, 23 anos (baleada na cabeça, braços e peito; parcialmente cega e paralisada)

• Karlita Felix, 4 meses (Filha de Astolfo e Maricela Felix; tiro na cabeça e tronco)

• Astolfo Felix, 31 anos (marido de Maricela; baleado no peito e no pescoço)

• Alberto Leos, 17 anos (funcionário do McDonald's)

Filmado em uma ordem desconhecida:

• Juan Acosta, 33 anos

• Anthony Atkins, 36 anos

• Astolfo Cejundo, 26 anos

• Francisco Lopez, 22 anos

• Maria Rivera, 25 anos

• Mireya Rivera, 4 anos

• Keith Thomas, 12 anos

• Juan Tokano, 33 anos

• Kenny Villegas, 22 anos