Max Pechstein

Max Hermann Pechstein (Zwickau, 31 de dezembro de 1881Berlim, 29 de junho de 1955), foi um pintor expressionista alemão e artista gráfico.

Max Pechstein
Nascimento 31 de dezembro de 1881
Zwickau
Morte 29 de junho de 1955 (73 anos)
Berlim
Sepultamento Friedhof Schmargendorf
Cidadania Alemanha
Cônjuge Lotte Pechstein
Ocupação pintor, artista gráfico, designer, desenhista
Prêmios
  • Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha
  • Prêmio de arte de Berlim (1954)
Movimento estético expressionismo

Formado na Academia de Dresden e na Kunstgewerbeschule, em 1906 foi integrado em Die Brücke. Trabalhou num expressionismo moderado, influenciado pela pintura fauvista francesa, especialmente por Matisse. Em 1908 deslocou-se a Berlim onde participou da fundação da Neue Secession, o que o levou a ser expulso de Die Brücke em 1912. Os seus temas favoritos relacionam-se ao exotismo e à união com a natureza, motivo pelo qual visitou as ilhas Palau do Pacífico em 1914. Ligou-se com Der Blaue Reiter, sendo um dos membros do grupo que mais cedo alcançou a popularidade. Após a Primeira Guerra Mundial fez parte do Novembergruppe, ensinando na Academia das Artes da Prússia até a chegada do nazismo, que o retirou dos seus cargos e o condenou ao ostracismo. Em 1945 foi reabilitado e trabalhou como professor da Escola Superior de Artes Figurativas.

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em castelhano cujo título é «Max Pechstein».
  Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.