Metódio III de Constantinopla

Metódio III de Constantinopla (em grego: Μεθόδιος Γ'; m. 1679), dito Moronis ou Maronis (em grego: Μορώνης / Μαρώνης), foi patriarca ecumênico de Constantinopla entre 1668 e 1671.

Metódio III de Constantinopla
Nascimento século XVII
Creta
Morte 1679
Veneza
Ocupação sacerdote

HistóriaEditar

Natural de Creta, Metódio serviu na Igreja da Teótoco de Chrysopigi em Gálata, em Istambul. Em 1646, foi eleito bispo metropolitano de Heracleia Perinto e, em 5 de janeiro de 1668, patriarca ecumênico no lugar de Clemente, deposto pelo sultão Maomé IV, o Caçador.

Porém, como antigo patriarca Partênio era contrário à sua eleição, Metódio foi forçado a renunciar em março de 1671 e a se retirar primeiro para o Mosteiro de Nea Moni, em Quios e depois para o Mosteiro de Strofades em Zacinto. Em 1677, Metódio foi para Veneza e passou a servir à comunidade grega da cidade na igreja de San Giorgio dei Greci, onde permaneceu até morrer em 1679.

Ver tambémEditar

Metódio III de Constantinopla
(1668 - 1671)
Precedido por:  

Patriarcas ecumênicos de Constantinopla

Sucedido por:
Clemente 205.º Partênio IV

Ligações externasEditar