Metronomy

Metronomy
Metronomy no Festival SOS 4.8 2015, (Murcia).
Informação geral
Origem Londres
País  Reino Unido
Gênero(s) Electropop, indietronica, wonky pop, experimental, indie pop
Período em atividade 1999 – presente
Integrantes Joseph Mount
Oscar Cash
Anna Prior
Olugbenga Adelekan
Michael Lovett
Ex-integrantes Gabriel Stebbing
Página oficial metronomy.co.uk

Metronomy é uma banda britânica de música eletrônica formada em 1999. A banda é atualmente formada por Joseph Mount (voz, teclado e guitarra), Oscar Cash (backing vocal, teclado e saxofone), Olugbenga Adelekan (baixo e backing vocal), Michael Lovett (backing vocal, teclado e Violão) e Anna Prior (bateria e backing vocal).[1]

O grupo lançou seis álbuns: Pip Paine (Pay The £5000 You Owe),Nights Out , The English Riviera, Love Letters, Summer 08 e Metronomy Forever . Outros trabalhos incluem o EP "You Could Easily Have Me" e os singles "Radio Ladio" e "Heartbreaker".

BiografiaEditar

Joseph Mount começou Metronomy, enquanto ele ainda estava morando em Devon como um projeto paralelo para as várias bandas que tocava como baterista. Desde então, ele alegou que a maioria dessas bandas foram dilacerados por namoradas. Usando um computador desatualizado vendido a ele por seu pai, o Mount começou a fazer suas próprias composições eletrônicas. O nome do Metronomy foi originalmente escolhido pelo Mount porque soava legal e interessante e estava de acordo com as bandas que ele estava fortemente envolvido, ou seja, Autechre e Funkstorung.[2] A palavra "Metronomy" também ligado ao metrônomo, que é um equipamento que músicos utilizam para marcar a batida.

Após se mudar para para Brighton, Metronomy começou a construir uma reputação pelos shows ao vivo, às vezes sozinha, às vezes acompanhado por Gabriel Stebbing e Oscar Cash que forneceram suporte como uma backing band, The Food Groups. Eles não são mais referidos como o Food Groups tendo sendo totalmente incorporados à banda.

No outono de 2005, o Metronomy lançou um álbum de estreia, "Pip Paine (Pay the £ 5000 You Owe)". Ao longo dos próximos 3 anos, o Mount remixou muitos outros artistas, muitas vezes adicionando novos vocais e instrumentação. Por exemplo, no caso de seu remix de Goldfrapp um monólogo francês sobre Nottingham.[3] Em remixar, Monte disse que "Basicamente, eu sou como remixers que realmente se preocupam com o que estão fazendo. Posso dizer honestamente que Eu fiquei realmente envolvida com todos os meus remixes. Se eu não me preocupo sou o primeiro a dizer que irei desistir. Isso não acontece com freqüência."[4] Metronomy tem uma "boa taxa de acerto" em termos de remixes lançados. No entanto, um remix inspirado em DFA do U2 "City of Blinding Lights" foi descartado por seu gerente de marketing e não foi lançado.[5][6]

Em 2008, a banda lançou os singles "My Heart Rate Rapid", "Holiday", "Heartbreaker" (com um remix por Kris Menace), "A Thing For Me", "Radio Ladio" e o álbum completo "Night Out" em setembro do mesmo ano. Remix de "Heartbreaker" de Kris Menace virou 1º lugar no Hype Chart em 2008. Em maio de 2009, foi anunciado através do MySpace da banda que Stebbing estaria deixando a banda. Joseph escreveu: "É tudo muito amigável e ele me garantiu que não acha que ele está fugindo de um navio afundando." Stebbing está atualmente trabalhando com sua própria banda, Your Twenties, que está sendo produzido pelo Mount. Apesar disso, Stebbing reapareceu para tocar baixo para Metronomy por sua aparição no palco Far Out no Green Man de 2010.

Em 2011, a banda lançou três singles "The Look", "Everything Goes My Way" e "The Bay" a partir de seu terceiro álbum The English Riviera, que saiu no dia 11 de abril.[7]

Em 23 de Janeiro de 2014 foi lançado o clipe "Love Letters" dirigido por Michel Gondry.[8]

IntegrantesEditar

DiscografiaEditar

Álbuns de estúdio
EPs
  • 2005: Wonders
  • 2006: You Could Easily Have Me
  • 2008: Heartbreaker Vs. Holiday
  • 2009: Not Made For Love
Singles
  • 2006: "Trick or Treatz"
  • 2007: "Radio Ladio"
  • 2008: "My Heart Rate Rapid"
  • 2008: "Holiday"
  • 2008: "A Thing For Me"
  • 2008: "Heartbreaker"
  • 2009: "Radio Ladio" (re-lançamento)
  • 2010: "She Wants"
  • 2011: "The Look"
  • 2011: "The Bay"
  • 2011: "Everything Goes My Way"
  • 2014: ''I'm Aquarius''
  • 2014: ''Love Letters''
  • 2016: "Old Skool"
  • 2016: "Night Owl"
  • 2019: "Lately"
  • 2019: "Salted Caramel Ice Cream"
  • 2019: "Walking In The Dark"
  • 2019: "Wedding Bells"

Referências

  1. «Metronomy». musicOMH. Consultado em 25 de novembro de 2011 
  2. «UP MUSIC MAGAZINE - Absolutely Free Web Based Interactive Music Magazine ::». Consultado em 18 de abril de 2008. Arquivado do original em 24 de outubro de 2008 
  3. «Absolutely Free Web Based Magazine ::». eGigs. 19 de março de 2008. Consultado em 25 de novembro de 2011 
  4. «Planet Notion - Metronomy Interview». Consultado em 1 de agosto de 2007. Arquivado do original em 3 de julho de 2008 
  5. «triple j music news: Metronomy on Australian tour and remixing U2». Abc.net.au. 21 de novembro de 2008. Consultado em 25 de novembro de 2011 
  6. «MORE CRUNK PLEASE - Metronomy Remixes For Love and Money - Vice Magazine». Viceland.com. Consultado em 25 de novembro de 2011. Arquivado do original em 5 de janeiro de 2013 
  7. http://pitchfork.com/reviews/albums/15337-the-english-riviera/
  8. http://www.rollingstone.com/music/videos/metronomy-enlist-michel-gondry-for-quirky-love-letters-video-20140211

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.