Abrir menu principal

Wikipédia β

Microarranjo de proteínas

Microarranjo de proteínas (em inglês: protein microarray) é uma técnica de larga escala usada para rastrear as interações e atividade de proteínas e determinar a sua função.[1] A sua principal vantagem reside no facto de ser possível rastrear em simultâneo uma grande quantidade de proteínas. A técnica consiste em ligar um conjunto (microarranjo) de proteínas a uma superfície de suporte, como uma lâmina de vidro ou membrana de nitrocelulose.[2] São então acrescentadas a esse conjunto moléculas-sonda, geralmente etiquetadas com pigmento fluorescente. Qualquer reação entre a sonda e uma proteína imóvel emite um sinal fluorescente, o qual é lido por varrimento laser.[3] Os microarranjos de proteínas são rápidos, automatizados, económicos e extremamente sensíveis, consumindo pequenas quantidades de amostras e reagentes.[4]

Referências